50's Prime Time Cafe, dica de restaurante no Hollywood Studios

O Hollywood Studios tem um restaurante que eu achei muito legal, o 50’s Prime Time Cafe.

Como o próprio nome diz, esse restaurante é inspirado na década de 50. Você se sente entrando num túnel do tempo!


A começar pela decoração, que parece mesmo a casa das avós (ou das bisas, pros mais caçulas). Difícil descrever se você não pegou nada dessa época, mas, no mínimo, parece que você entrou no cenário daqueles filmes em preto e branco. Dá só uma olhadinha...



O atendimento só confirma essa viagem no tempo. Os garçons e garçonetes aqui têm mais idade, são senhores e senhoras, e se vestem com calças com suspensório ou vestidões com casaquinho, com cara de tios americanos mesmo. E eles entram mesmo no personagem. Perguntam se lavamos as mãos antes da refeição, se colocamos o guardanapo corretamente e ainda olham se a gente está comendo direitinho!


Na TV, desenhos e clipes em preto e branco, clássicos da década de 50.


Enquanto esperam a refeição, as crianças fazem a lição de casa - rs.

Atividades para crianças

A comida é típica americana, com direito a frango frito e carne assada. Bem comida caseira. E a sobremesa ? Doces e tortas caseiras. Comi um bolo de abacaxi... Huuuummmm... Se você quiser dar uma olhadinha no cardápio, entre no link aqui

E o acolhimento ? Dá vontade de ficar lá a tarde toda... No final, ainda recebi um abraço com a recomendação de "não demore a voltar, querida". Bem coisa de tia mesmo!

O 50's Prime Time Cafe fica na área Echo Lake do Hollywood Studios, em frente ao lago onde tem um dinossauro simpático, que parece o monstro do lago Ness.


Você pode reservar a refeição no restaurante no aplicativo My Disney Experience (MDE) ou no site da Disney, neste endereço aqui.  O preço da refeição varia de US$ 15 a US$ 34,99 (adulto).

É importante lembrar que é necessário ter o ingresso para entrada no Hollywood Studios para ir ao restaurante.

Bj bj! 

O Hollywood Studios tem um restaurante que eu achei muito legal, o 50’s Prime Time Cafe. Como o próprio nome diz, esse restaurante é ...

Dicas de Paris: Église Saint Sulpice

A primeira vez que você ouviu falar da Église St-Sulpice, ou Igreja de São Sulpício, como passaremos a chamar aqui, foi na leitura do Código da Vinci, de Dan Brown ? Não se preocupe! Você faz parte da maioria!

Tendo lido o livro e também sendo uma apaixonada por igrejas centenárias, não poderia deixar de conhecê-la nesta viagem à Paris.


A Igreja de São Sulpício, o Piedoso, fica na margem esquerda do Rio Sena, na Praça de mesmo nome, São Sulpício. Suas torres gêmeas, que a tornam a segunda igreja mais alta de Paris, são o símbolo da sua imponência.


No centro da praça fica a Fonte dos 4 Cardeais, onde há estátuas de 4 membros do clero famosos do reinado de Luís XIV, nas 4 faces. Contrariando o que o nome induz a interpretar, os 4 pregadores não eram Cardeais, e sim, Bispos. De onde vem então o nome "Fonte dos 4 Cardeais" ? Dos pontos cardeais, pois cada estátua está voltada para um dos 4 pontos cardeais. Curioso, né ?


A Igreja de São Sulpício passou a atrair muitos turistas depois do livro de Dan Brown, pois lá é dito que a igreja teria sido a base do Priorado de Sião, uma seita pagã, que há identificação das iniciais PS dentro da igreja, e que a igreja é cortada pela Linha Rosa, que é um ponto importante no desenrolar da trama.

De fato, a igreja tem um traçado no piso que representa uma meridiana para medir o deslocamento do Sol no céu, constituindo um observatório astronômico, para calcular a data da Páscoa. Essa seria a única verdade em relação ao Código Da Vinci. De acordo com um cartaz que está exposto dentro da igreja, "a linha meridiana em latão que atravessa o solo da igreja não é o vestígio de um templo pagão" e "ela nunca foi chamada de linha rosa". Conclui que "a única maneira de dar um sentido religioso a esse instrumento de astronomia é reconhecer em Deus o Criador e o Senhor do Tempo".

Mesmo sendo ficção, é bem interessante visitar esse ponto do roteiro do livro e a igreja tem recebido mais visitantes desde então.


Já mencionei aqui no blog que eu não fotografo dentro das igrejas. Apesar de serem grandes monumentos artísticos, são templos religiosos, não simplesmente pontos turísticos, e não me permito quebrar a liturgia. Só posso descrever que internamente a igreja é belíssima, uma obra de arte, com 21 capelas no entorno da nave, dedicadas a vários santos católicos.

Um local especial para se sentir em paz e agradecer.

Bj bj!

A primeira vez que você ouviu falar da Église St-Sulpice, ou Igreja de São Sulpício, como passaremos a chamar aqui, foi na leitura do Código...

Cruzeiro Disney: 10 dicas para curtir a sua viagem

Já compartilhei aqui no blog como foi o nosso primeiro Disney Cruise.
Fizemos o Disney Magic, pacote de 3 noites, saindo de Miami. Foram dias sensacionais e não vejo a hora de conhecer os outros navios! Tudo detalhadamente planejado para criar memórias inesquecíveis, como não poderia deixar de ser, afinal, é Disney! Se você ainda não leu o relato da nossa viagem, veja aqui.

Neste post, vou compartilhar dicas de coisas que fizemos, na fase de planejamento ou já no navio, e que achamos que valeram a pena. Se você é marinheiro de primeira viagem como nós, pode aproveitar algumas delas.

1) Usar camisas personalizadas

Muitos grupos, em especial, famílias, usam camisas padronizadas nos parques, você sabe. Decidimos, então, fazer camisas para a nossa família para o Disney Cruise, expressando a nossa ansiedade por aquele momento...
No nosso navio, tinha alguns grupos com camisas também, e acho que contribui para o clima festivo da chegada. Em geral, as pessoas comentam ou simplesmente sorriem, o que já cria uma abertura.
Sem contar que a gente não precisa ficar pensando na roupa, ainda mais quem nunca foi e que fica meio insegura de chegar de saída de praia e calção de banho para já aproveitar a piscina... rs

2) Personalizar a porta da cabine

As portas das cabines do navio são de metal e muita gente decora sua porta com adesivos imantados, o que dá um colorido especial quando você vai atravessando aqueles longos corredores.

Na própria loja do navio já tem vários ímãs para comprar, mas a maioria faz os seus. É simples, basta imprimir as imagens de sua preferência em papel fotográfico imantado ou colocar adesivo imantado atrás das imagens.

Nós fizemos os nossos em casa e foi uma curtição escolher as imagens com as crianças, recortar, etc. Já foi criando um clima de preparativos de viagem. Numa das imagens, colocamos nossa foto e o nome da nossa família. Quando a nossa camareira nos viu no corredor, já nos reconheceu e veio nos cumprimentar. Eles observam pequenos detalhes para dar um tratamento especial aos seus convidados.

 Apresentação pelos ímas: nossa família, nosso país e nossa cidade

3) Levar fantasia para a festa do Pirata

A festa do pirata é uma tradição nos navios. Mesmo nas viagens mais curtas, como a que fizemos, tem a noite do pirata.

A Disney distribui bandanas nos quartos para cada convidado e muita gente compõe o traje com roupas que combinam com o tema. Algumas fantasiam apenas as crianças. Outras pessoas se jogam na brincadeira e levam fantasias completas mesmo. Nós nos encaixamos nesse último grupo. rs

Com o lema família unida, se diverte unida (ou paga mico unida ?), já levamos fantasias daqui para todos e entramos totalmente no clima. Nós curtimos. E não, não pagamos mico! rs


4) Contratar antecipadamente o pacote de fotos

Nos navios você, também tem o serviço de fotos, similar ao Memory Maker dos parques, que você pode contratar antecipadamente ou lá durante a viagem. A vantagem de contratar antecipado é o preço, que é mais em conta que adquirir no navio.

As fotos são tiradas por fotógrafos que ficam em pontos estratégicos, principalmente nas filas para fotos com os personagens, nos eventos, no saguão do navio, que sempre tem painéis temáticos, e circulam nos restaurantes durante o jantar.

As fotos ficam disponíveis para sua consulta e seleção na loja Shutters e você define se as quer impressas, digitais ou reunidas em um photobook. Difícil é limitar a quantidade a ser adquirida, já que as fotos têm uma excelente qualidade e são customizadas com bordas temáticas Disney. Você acaba querendo todas!
Nós contratamos o serviço para receber as fotos impressas, até para mostrarmos o álbum físico da viagem à família, já que as fotos digitais você basicamente só mostra a meia dúzia que expõe nas redes sociais e olhe lá. No último dia, nossa pasta já estava com todas as fotos impressas, foi só retirar, registrar e tchau. Simples e sem dor no coração de deixar nada para trás.

Para saber detalhes sobre o serviço de fotos no navio, veja nesse link.

5) Marcar o check in para os primeiros horários


O seu horário de embarque no navio deve ser agendado diretamente no site Disney Cruise Line. A grade contém horários de meia em meia hora, a partir das 11h, até as 15:30h. Às 16:00h, todos devem estar a bordo. Você pode até atrasar em relação ao horário do seu agendamento, só não pode passar das 16:00h.

A dica é marcar logo os primeiros horários, para já começar a aproveitar. Embora os quartos só estejam disponíveis a partir das 13:30h, a piscina já estará liberada, as lanchonetes do deck da piscina e o restaurante buffet também estarão funcionando. Algumas horas antes representam diversão e gordice, já pagas e em dólar! Acho que são bons motivos para querer embarcar o mais cedo possível... rss

6) Levar mochila ou bagagem de mão

Quando a gente embarca, entrega as malas logo na entrada do porto e só as vê novamente dentro do navio, e o horário varia, podendo se estender até as 17h. Por isso, é importante já levar uma bagagem de mão caprichada, com roupas de banho (caso você queira aproveitar logo a piscina), chinelos, necessaire e outros itens básicos, para não passar sufoco até as malas serem entregues.

A mesma mochila ou bagagem de mão será essencial na última noite, pois as malas também são colocadas para fora dos quartos, para o desembarque, e só as resgatamos no terminal no porto. Então, a gente deve reservar no quarto a roupa de dormir e a roupa para sair do navio, assim como calçado, itens de higiene, etc. A roupa da última noite, os pijamas e itens de higiene serão levados na mochila no desembarque.

7) Baixar o aplicativo do Disney Cruise, mas dispensar na hora certa

O Disney Cruise tem um aplicativo que você baixa antes de embarcar e inicialmente somente mostra um contador para a sua viagem. Só dentro do navio que o aplicativo libera todas as suas funcionalidades, que são bastante úteis: mapa do navio, programação, alerta para atrações selecionadas, chat para troca de mensagens, dentre outras. E mais: tudo isso sem gastar seu pacote de dados.
Se é tão útil assim, por que eu falei em dispensar ? Porque eram férias e tudo que eu queria era me libertar do smartphone, para não ter aquela recaída de acompanhar os emails de trabalho ou tornar o passeio uma grande agenda de compromissos checados a todo instante no aparelho (8 h: café da manhã; 9h: foto com personagens; 10h: banho de piscina... Xiiiii... Já fiquei estressada só de pensar!).

O lance é aproveitar o momento... Tá fazendo uma atividade bacana ? Relaxe e curta... Cansou ? Saca o jornalzinho do Personal Navigator do bolso (jornalzinho diário com a grade de programação) e vai fazer outra coisa... Mas se dê o direito de se libertar do celular!

8) Participar do Walking Ship Tour

Antes do navio partir, no início da tarde, tem na programação um tour pelo navio. O horário e ponto de encontro estão no Personal Navigator.

O tour é realizado por dois cast members, que vão nos levando aos principais locais da área interna do navio: teatro, cinema, loja Shutters (serviço de fotos), outras lojas, área infantil, área adulto, restaurantes, etc. Dá para ter uma visão geral do navio e pegar dicas legais. Por ex.: como funciona a identificação e seleção de fotos no Shutters; como é o rodízio de restaurantes; como funciona o teatro, etc.
Outro ponto legal é que os cast members são os animadores das festas no deck do navio e também das atividades na ilha da Disney. Quando os encontrávamos nas atividades, já éramos íntimos (se na Disney, os cast members já são "agressivamente gentis", imagina quando te conhecem... rss)

9) Solicitar mesa exclusiva nas refeições (se for melhor para a sua família)

O padrão dos restaurantes dos jantares é mesa de 8 lugares, então, em geral, duas famílias de 4 pessoas sentam juntas. As famílias são selecionadas de acordo com seu perfil, considerando similaridades, como idade das crianças, nacionalidade, etc. Como o número da mesa é o mesmo para os 3 restaurantes pré-programados, por 3 noites as mesmas famílias estarão juntas e podem criar laços para levar além do navio.

Mas nem tudo é positivo. Com mais pessoas na mesa, a sequencia do serviço naturalmente se torna mais lenta. Demora mais tempo para tirar os pedidos, para entregar todos os pratos juntos, para esperar todos terminarem para servir o prato principal, depois a mesma demora para a sobremesa. A refeição se estende bem mais. Dependendo do cansaço, as crianças podem não aguentar e acabar dormindo na mesa ou começar a ficar entediadas. Sendo assim, avalie bem o perfil da sua família e, se for melhor para vocês, solicite antecipadamente, no site, uma mesa exclusiva. Pode ser que eles não consigam, mas esteja certo que vão tentar, pois ali a satisfação do cliente é realmente prioritária.

10) Pesquisar, pesquisar e pesquisar

Chegar no navio conhecendo um pouquinho da dinâmica ajuda muito! "Ah... Mas e o elemento surpresa ?", você pode pensar. Pode ficar tranquila, por mais que a gente leia, nada tira o encanto da hora da verdade!

Então, a minha dica é pesquisar bastante, participar de fóruns, porque ali circulam muitas dicas, e tirar dúvidas antes de ir. Assim, chegando lá, você vai ficar menos perdida e já vai poder aproveitar tudo que sonhou!

Nesse quesito, a Luciana Misura, do blog Amo Cruzeiro Disney, é expert! Além do blog, ela também tem um grupo no Facebook, com o mesmo nome, onde dá dicas e responde com muita boa vontade todas as dúvidas. E depois que a gente volta da viagem, continuar acompanhando o grupo é uma ótima forma de viver tudo novamente a cada postagem !

Bj bj!

Já compartilhei aqui no blog como foi o nosso primeiro Disney Cruise. Fizemos o Disney Magic, pacote de 3 noites, saindo de Miami. Foram ...

Disney: Refeição com Personagens - Hollywood & Vine, no Hollywood Studios

Hoje, vou dividir com vocês mais uma experiência em refeições com personagens Disney: Minnie's Silverscreen Dine, no Hollywood & Vine!

O Hollywood & Vine fica no Disney's Hollywood Studios, no Echo Lake, em frente ao lago que tem um dinossauro que parece o monstro do Lago Ness, na mesma calçada onde está o 50's Prime Time Cafe, outra refeição que eu recomendo no Hollywood Studios.

A gente se apresenta no balcão, logo na porta, no horário da reserva, e depois da confirmação, aguarda ser chamado. Nem 5 minutos de espera e já estávamos entrando.
Como está descrito na fachada do restaurante, o Hollywood & Vine é onde famosos astros e estrelas fazem suas refeições. Assim, o local cenariza um grande evento de Hollywood onde os convidados são os astros. 

Nesta refeição (Minnie's Silverscreen Dine), como o próprio nome indica, a Minnie é a nossa anfitriã, mas, para nossa grande surpresa, logo na entrada, que tem direito a tapete vermelho e fotógrafos, o Mickey estava à espera, vestido elegantemente!
 A decoração do salão retrata a década de ouro de Hollywood, com muitos painéis decorativos.


O serviço é buffet completo, no estilo "all you can eat", ou seja, você pode se servir à vontade e repetir quantas vezes quiser.

No cardápio, típica culinária americana, com direito a variedade de saladas, massas, frango, carne e salmão. Para as crianças, tem um buffet específico, com nuggets, macarrão com queijo, brócolis e fritas. Mas as crianças não precisam se restringir ao buffet infantil.

A sobremesa é um capítulo à parte, pois tem muitos doces artesanais deliciosos.
Enquanto saboreamos a refeição, um a um, os personagens passam pelas mesas, posam para fotos, dão autógrafos e interagem com os convidados, principalmente com as crianças. Todos em trajes de gala, como se estivessem numa "grand premiere".
Detalhe do porta copo colocado nas mesas, com os autógrafos dos personagens no verso.
A grande vantagem das refeições com personagens é que você ganha o tempo que dedicaria em filas para encontrá-los e tem uma experiência de interação com eles muito mais tranquila do que nos parques. Em algumas refeições, a refeição em si não é lá essas coisas, só valem mesmo pelo contato com os personagens, mas essa foi diferente. Realmente, a refeição é saborosa, além de ser buffet livre. 

Quer reservar ? 

É fácil! Diretamente no site da Disney: https://disneyworld.disney.go.com/pt/dining/hollywood-studios/hollywood-and-vine/ . Basta fazer uma busca pela data, no box azul do lado direito da tela, se cadastrar (se ainda não for cadastrado) e indicar o seu cartão de crédito para reserva. 

A indicação do cartão é só por garantia, não ocorrerá pagamento no ato da reserva. Porém, no caso de não comparecimento, será compensado no cartão uma multa de US$ 10 por pessoa. Se você cancelar com antecedência mínima de 24 horas, não haverá qualquer custo.
Na Minnie's Silverscreen Dine, no Hollywood & Vine, você encontra a "nata" dos personagens Disney e ainda tem uma refeição excelente! Eu recomendo!

Bj bj!



Quer conhecer todas as refeições com personagens que já fizemos ? Veja aqui neste post índice.

Hoje, vou dividir com vocês mais uma experiência em refeições com personagens Disney: Minnie's Silverscreen Dine, no Hollywood & Vi...

Dicas de Paris: Jardim de Luxemburgo

O Jardim de Luxemburgo (Jardin du Luxembourg) é o maior parque público de Paris. Para se ter uma ideia, o Central Park está para Nova Iorque da mesma forma que o Jardim de Luxemburgo está para Paris. Deu para realizar a sua importância para os parisienses ?

Nós visitamos o Jardim de Luxemburgo numa manhã de inverno. Mesmo no frio e com as árvores desfolhadas, o jardim tem seu encanto.

Logo na entrada, tem um mapa do lugar.
Segundo contam, esta área de 23 hectares no coração de Paris foi dedicada por Napoleão às crianças. E realmente as crianças (e também os adultos) aproveitam o lugar !
Não falta espaço para correr, brincar e pegar um solzinho...
Muita gente pratica esportes, correndo pelo parque, treinando artes marciais ou fazendo meditação. 

Ali no Jardim, fica o Musée du Luxembourg, o primeiro museu francês a ser aberto ao público, em 1750, que atualmente recebe prestigiadas exposições temporárias.
O jardim abriga o Palácio de Luxemburgo (Palais du Luxembourg), que atualmente é a sede do Senado francês.

Ali no Jardim, os parisienses costumam sentar nas muitas cadeiras de metal que ficam espalhadas, para uma boa conversa, tomar um café, ler ou simplesmente dar uma pausa apreciando a beleza do lugar.
  
No centro do Jardim tem um lago, chamado Grand Bassin.

 As crianças têm um motivo a mais para curtir na beira do lago...
Ali são alugados barquinhos e varinhas de madeiras para brincar. Com as varinhas, os barquinhos podem ser empurrados de um lado para o outro do lago.
As crianças também podem brincar nos parquinhos ou andar de pônei pelo jardim. Também tem um carrossel e teatro de marionetes, mas, como os meus já não estão mais na idade de interesse, passamos.

Veja que dali a gente avista também a Tour Montparnasse... Dá para ir a pé do Jardim de Luxemburgo até lá.
O jardim tem mais de 100 estátuas e monumentos espalhados. Muitos são representações de personalidades importantes da história da França. Sem dúvida, deve ser um tour interessante explorar cada cantinho do lugar e seus monumentos... 

O que mais nos chamou a atenção foi a réplica da Estátua da Liberdade.

Ali mesmo, pesquisei no Google qual a sua conexão com a sua "original" americana, e com surpresa descobri que é uma réplica construída pelo próprio escultor Frédéric Auguste Bartholdi, o mesmo que esculpiu a Estátua da Liberdade exposta em Nova Iorque, e que esta estátua de bronze de Paris serviu de modelo para a construção daquela.

O Jardim de Luxemburgo é uma opção de passeio para qualquer idade e objetivo. Seja para brincar, praticar esporte, conhecer as exposições do museu, ler ou simplesmente sair de casa... É uma visita que pode durar um dia inteiro ou apenas alguns minutos para uma passada por lá. Enfim, vale a pena incluir uma parada no Jardim de Luxemburgo no roteiro.

Bj bj!

O Jardim de Luxemburgo (Jardin du Luxembourg) é o maior parque público de Paris. Para se ter uma ideia, o Central Park está para Nova Iorque...