Disney: Magic Kingdom, onde começa a fantasia!


(Post atualizado em setembro/2015)

Quando a gente imagina a Disney, depois do Mickey, claro, qual a principal imagem que vem à cabeça ? Certamente é o Castelo da Cinderela, o mesmo que aparece na vinheta de abertura dos filmes Disney. Esse castelo fica no Magic Kingdom, o reino da Magia.

O Magic Kingdom é o meu parque favorito... Por isso, aconselho a todo mundo que vai à Disney a começar por ele! É onde a fantasia realmente começa: crianças vêem a fantasia se tornar realidade e adultos voltam a ser crianças! Confesso que quando avisto esse portal, meu olho enche d'água...


O Magic Kingdom foi inspirado no primeiro parque de Walt Disney, que fica na Califórnia, a Disneylândia (que eu tive oportunidade de conhecer e contei aqui). Infelizmente, Walt Disney faleceu antes da inauguração do Magic Kingdom, em 1971. Mas como ele dizia que “enquanto houver imaginação no mundo, a Disneylândia jamais estará pronta”, seus sucessores perpetuam esse conceito nos parques.

Para chegar ao Magic Kingdom, após estacionar o carro, você pega o transporte interno do parque, um trenzinho motorizado que leva até o Transportation and Ticket Center.


Quando o trenzinho para, você pensa que já está na porta do parque, mas ainda não está. Ali, você tem que pegar o monorail (trem suspenso) ou o ferryboat (balsa) e cruzar o lago artificial.

Monorail:


Ferryboat:

Aí, sim, você chega passa pela bilheteria /guichês de acesso e chega à entrada principal do parque...




O parque é impecável ! Lindo, limpo, organizado, funcionários atenciosos, pessoas felizes! Parece que tudo é perfeito mesmo! Você não vê reposição de suprimento das lojas e restaurantes, retirada de lixo, trocas de turno, etc. Tudo isso acontece realmente por baixo dos panos, ou melhor, por baixo do solo. Na verdade, o parque tem uma mega estrutura subterrânea onde acontece de tudo: vestiários, cabeleireiros, maquiagens, suprimento, restaurante dos funcionários, controles de computação do parque, etc.

Você também não vê ninguém fazendo manutenção, pintura ou jardinagem. Esses serviços são feitos à noite, depois que o parque fecha. Tudo invisível aos olhos dos visitantes, para não quebrar a magia.


O Castelo da Cinderela fica no centro do parque, no fim da rua principal (Main Street). Você avista logo da entrada.




Em frente ao Castelo acontece uma apresentação chamada “Dream along with Mickey”, com a participação de vários personagens: Mickey, Minnie, Pato Donald, Pateta, Branca de Neve, Cinderela e Bela Adormecida, com seus respectivos príncipes, Peter Pan, Wendy, Capitão Gancho e os piratas, e a Bruxa.






É imperdível! Seu filho vai ajudar o Mickey a derrotar a Bruxa Má dizendo “Dreams come true”. A magia dos contos de fadas! Adooooro!

Procure saber o horário (na entrada do parque ficam os folhetos do mapa e do Times Guide, com os horários dos shows e paradas) e se posicione por lá meia hora antes, para garantir um bom local, principalmente para as crianças.
Dentro do Castelo, tem uma filial da Bibbidi Bobbidi Boutique, onde as meninas podem se transformar em princesas, com direito a penteado, maquiagem e vestido. Você faz a reserva pelo site. Cá entre nós, é lindo, mas um transtorno, porque a criança passa o dia todo andando pelo parque de vestidão, penteado, maquiagem, etc! E quando está calor então, elas derretem embaixo daquelas saias bufantes! Mas sonho é sonho... Se não der para escapar, o ideal mesmo é marcar mais para o final do dia...

Também acontecem no castelo as refeições com as princesas, Cinderella’s Royal Table. Tem que reservar com antecedência de pelo menos 6 meses, pois essa é uma das refeições com personagens mais concorridas da Disney. Conto sobre refeições com personagens em outro post.

Dali da praça do castelo irradiam as ruas para as terras encantadas: Main Street, Frontierland, Adventureland, Fantasyland, Tomorrowland e Liberty Square. O mapa abaixo mostra a localização de cada uma e numera as atrações, restaurantes, etc.

(versão agosto/2015)

Vou destacar as nossas atrações preferidas, em cada área, indicando a numeração no mapa:

Main Street

Walt Disney World Railroad (Main Street, 1) - Dizem que Walt Disney era apaixonado por trens. Logo na chegada, você se depara com uma estação de trem, que leva e traz para/da as terras Frontierland e Fantasyland. A maioria passa batida por ela, só pega o trem quando está cansado nas duas áreas e quer voltar à entrada...

The Crystal Palace (Main Street, 11) - Aqui é o restaurante onde acontece a refeição com os personagem da Turma do ursinho Pooh. Adoro essa refeição e já contei sobre ela em outro post.











Adventureland 

Pirates of the Caribbean (Adventureland, 18) - Passeio de barco pelos mares do Caribe na época dos piratas. Bem legal! Ah! Essa atração não foi inspirada no filme! O filme que foi inspirado nela! Atualmente foi atualizada para que o Jack Sparrow tenha a fisionomia de Johnny Deep.


Jungle Cruise (Adventureland, 17) - Um passeio de barco pela selva africana, onde encontra vestígios de uma tripulação perdida após a queda de um avião. Com animatrônicos e cenários divertidos. Os guias fazem muitas gracinhas, dão um show à parte, mas tem que entender inglês... Quem não entende, não tem problema. Vai curtir o passeio assim mesmo.


Já que está ali na Adventureland, aproveite para voar nos tapetes mágicos de Aladin, no The Magic Carpets of Alladin (15). Nada extraordinário, mas as crianças curtem.
















Frontierland

Big Thunder Mountain Railroad (Frontierland, 27) – Montanha-russa que passa por dentro de uma mina. É ótima para crianças ou para aqueles que não encaram nada muito radical. Meus filhos também adoram.

Do ladinho, fica a Splash Mountain (24), uma montanha-russa d’água. Já adianto que ela molha mesmo, principalmente se você sentar no lado direito.





Liberty Square


Haunted Mansion (Liberty Square, 35) – Casa mal assombrada, onde você é recebido por 999 fantasmas. Cemitério na entrada, música sombria, ambiente sinistro. Você entra na casa e um carrinho te leva aos diferentes cômodos, onde os fantasmas se divertem. Pode levar as crianças sem receio, não assusta. Meus filhos adoram e me fazem repetir várias vezes a atração.






Fantasyland



It’s a small world (Fantasyland, 41) – Passeio de barco onde bonecos representam várias partes do mundo, se movimentando ao som da mesma canção, com idiomas e melodias típicas. Quem se lembra daquela musiquinha do “Domingo no Parque”, do Silvio Santos, que era assim:“Há um mundo bem melhor, todo feito pra você, é um mundo pequenino que a ternura fez” ? É essa a música tema da atração. Acho que é por causa dela que eu gosto. Meu marido acha uma chatice... rss




Peter Pan’s Flight (Fantasyland, 42) – Embarque numa asa delta e participe das aventuras de Peter Pan e sua turma pela Terra do Nunca. Uma forma diferente e divertida de recontar essa estória.

Mickey’s Philharmagic (Fantasyland, 43) – Cinema 3D com diversas estórias e personagens Disney, na maior tela de projeção do mundo. O enredo é divertido, a projeção é excelente, a trilha sonora é dos clássicos Disney... Tudo contribui para você não perder. Mas se você for no verão, como fomos da última vez, mesmo que fosse ruim você não iria pensar duas vezes para sentar na poltrona no ar condicionado... kkk




The Many Adventures of Winnie the Pooh (Fantasyland, 48) – É um passeio por dentro das aventuras do ursinho famoso e sua turma. Você embarca em potes de mel e passeia por cenários divertidos. O legal é que enquanto estamos na fila, as crianças podem ir se divertindo com diversas atividades interativas. É uma atração muito procurada, vale usar o Fast Pass.






Recentemente, a Fantasyland passou por uma expansão, com uma área dedicada à Bela (da Fera), com direito a castelo da Fera, onde fica o restaurante Be our Guest (62), a fonte do Gastão e até a casa dela, onde acontece a atração Enchanted Tales with Belle (45).  Você entra na casa da Bela e participa de uma interação com personagens.

(A minha filha toda boba por ser mais alta que a Bela com 8 anos!)


Também fica nessa expansão a Seven Dwarfs Mine Train (50), a mais nova atração do parque, a montanha-russa família dedicada à Branca de Neve e os Sete Anões. É encantadora! A gente lembra a infância ao ouvir os 7 anões cantando "Heigh ho heigh ho... It's home from work I go..." ("Eu vou, eu vou... Pra casa agora eu vou...")

Antecipe-se na reserva do Fast Pass+ ou prepare-se para a fila!





Under the Sea - Journey of Little Mermaid (Fantasyland, 51) - Viaje dentro de uma conchinha pelo reino da Ariel e sua turma. Essa atração é recente, faz parte da New Fantasyland.










Na Fantasyland, também estão o Dumbo the Flying Elephant (53), elefantes que voam em torno do eixo, a Mad Tea Party (49), as xícaras giratórias, e o Prince Charming Regal Carrousel (44), o tradicional carrossel. Clássicos Disney.



Tomorrowland


Space Mountain (Tomorrowland, 69) - Montanha-russa no escuro! São pequenos foguetes, para 3 passageiros cada, que disparam rumo ao Universo. A atração dura 2 minutos e meio. Não é nada super radical, mas tem boas descidas e curvas. Pode ser considerada a atração mais radical do parque.


Buzz Lightyear’s Space Ranger Spin (Tomorrowland, 73) – Ajude Buzz Lightyear, aquele do Toy Story, numa guerra intergaláctica. Você entra no carrinho e vai abatendo os inimigos com armas de laser. Pra quem curte video-game, é moleza!





Stitchs's Great Escape (Tomorrowland, 75) - O Stitch foi capturado por uma patrulha intergaláctica e apronta para valer. Basicamente, você assiste a uma apresentação, no escuro, com efeitos sensoriais. Pra quem gosta do personagem, vale a pena. Se for do tipo tanto faz, ainda vale para aquela hora que o cansaço bate... Nada como dar uma descansadinha no ar condicionado...




Monsters, Inc. Laugh Floor (Tomorrowland, 74) – Imagina um stand-up dos Monstros (do filme Monstros S.A.). É exatamente isso! Com Mike comandando a apresentação. O que surpreende é que os monstros interagem mesmo com a platéia, apesar de serem uma representação digital. É bom estar afiado no inglês, para entender as piadas e saber responder, se der a sorte (ou azar!) de ser um dos escolhidos!




Tomorrowland Speedway (Tomorrowland, 68) - Inspirado em corrida de carros, mas os carrinhos estão presos nos circuitos, circulam sem acelerar... É uma atração para os pequenos que querem se sentir dirigindo...









O Magic Kingdom é enorme, e dependendo da época do ano (calor, filas, etc), é impossível aproveitar todas as atrações em um só dia. Então, para não virar um estresse, principalmente quando você está com crianças, eu recomendo programar dois dias no parque. Assim, sobrará tempo para curtir o lugar sem correria e ainda repetir aquelas atrações que as crianças mais gostarem. Aí, é só viver a fantasia!


Hora de ir embora... Nunca antes do show de encerramento, Wishes! Mas isso eu vou contar no próximo post, sobre as paradas e shows do Magic Kingdom (clique aqui).


Bj bj!

(Atualizado em setembro/2015)
Kinha
Kinha

A bagagem de uma mulher, esposa, mãe, executiva e viajante, com um pouco de tudo e muito de nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esse espaço é seu... Deixe seu comentário e vamos conversar!