Campina Grande - PB

Acho que todo brasileiro que gosta de festa junina já ouviu falar de Campina Grande, a terra do "maior São João do mundo"! Quem vai no mês de junho à cidade, que fica no estado da Paraíba, tem um mês de inteirinho de festividades.

Mas nem só de festa junina vive Campina Grande! Então, vamos conhecer um pouquinho dos pontos turísticos da cidade ?

Museu de Arte Popular da Paraíba
R. Dr. Severino Cruz, s/n - Centro, Campina Grande


Também conhecido como Museu dos Três Pandeiros, devido à arquitetura do prédio com formas arredondadas, este museu, que fica localizado às margens do Açude Velho, foi projetado por ninguém menos que Oscar Niemayer.


O Museu, que é parte da Universidade Federal da Paraíba, foi inaugurado em 2012.

O acervo tem muitos artigos de artistas nacionais, com ênfase na cultura nordestina, e artesanatos diversos, inclusive para comercialização.


No ano passado, o museu estava com uma exposição audiovisual em homenagem ao centenário de Jackson do Pandeiro, com um pouco da história e muitos artigos do artista, como rascunhos de músicas, vídeos, etc. Bela homenagem ao famoso "cumpadre da Sebastiana".
   

Açude Velho
R. Dr. Severino Cruz, s/n - Centro, Campina Grande

O Açude Velho foi o primeiro açude de Campina Grande, por isso é chamado de "velho". Foi construído há quase 2 séculos (começou a ser constuído em 1824) por causa de uma grande seca no Nordeste.

O açude foi, por mais de um século, a fonte de abastecimento de água da cidade. Atualmente, com o abastecimento encanado, o açude perdeu seu papel e se tornou patrimônio histórico da cidade.
A gente não podia deixar de registrar uma foto neste cartão postal!

Monumento à Jackson do Pandeiro e Luiz Gonzaga


Às margens do Açude Velho, encontramos este monumento em homenagem aos dois grandes artistas, o rei do baião, Luiz Gonzaga, e o rei do ritmo, Jackson do Pandeiro. Batizado pelo artista de "Farra da Bodega", o local merece uma parada.


Detalhe: os artistas estão em tamanho natural.


Claro que eu ia me juntar a essa "farra"!

Monumento Tropeiros
(Margens do Açude Velho)

Também localizado às margens do Açude Velho, o Monumento dos Tropeiros foi construído para celebrar os 150 anos da emancipação da cidade de Campina Grande.


O projeto representa uma cápsula, de onde saem os tropeiros, transmitindo a ideia do desbravamento da cidade. Dentro da cápsula, é um museu com documentos históricos da cidade.

Vila do Artesão
Av. Prof. Almeida Barreto, s/n - São José, Campina Grande


A vila do artesão é um conjunto de chalés que reúne cerca de 300 artesões da cidade, apresentando trabalhos variados com couro, bordados, pintura, tapeçaria, destilaria, culinária e diversos outros artigos típicos da cultura nordestina. É o lugar certo para comprar aquela lembrancinha para sua casa ou de presente.

São 77 chalés organizados em 6 ruas, que recebem nomes de santos: Santo Antonio, São João, São José, etc. Também tem uma praça de alimentação, com restaurantes e lanchonetes, no centro da vila.

Dentro da área também tem construções que merecem uma visita, como uma igreja, no lado direito, ou essa casinha de pau-a-pique, à base de barro molhado, com direito àquela capelinha ou altarzinho doméstico e tudo.



Que tal aproveitar para tomar um dindim (aqui não é sacolé, viu?)?


A Vila do Artesão é um point para dia ou noite. Nos finais de semana, o local sempre fica animado, com muito forró, alegrando turistas e campinenses.



E assim, demos uma volta nos principais pontos turísticos da cidade.

Quer saber como é o São João em Campina Grande ? Tem um post só sobre isso aqui!

Bj bj!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esse espaço é seu... Deixe seu comentário e vamos conversar!