Programa diferente no Rio de Janeiro: assistir a gravação do Vai que Cola!


Quem me conhece, sabe que sou louca por séries de TV. Aprendi a gostar na adolescência, com Barrados no Baile, que depois substituí por Friends, na juventude, e desde então por tantas outras, como Grey’s Anatomy, Being Erica, e mais recentemente, Scandal. Sem contar aquelas que quando estou zapeando, acabo assistindo também, como as sitcoms The Big Band Theory, Two and a half man, Modern Family... Não foi à toa que quando viajamos para Los Angeles, não podia faltar na programação a visita aos estúdios da Warner, para entrar nos sets de filmagem das minhas séries favoritas. Sentar no sofá do Central Perk, de Friends, foi demais! Contei sobre essa experiência no post "Los Angeles: Warner Bros Studios Tour".

Aqui no Brasil, o “Vai que cola” pra mim é A sitcom. Com um elenco de humoristas de primeira e humor inteligente, que não precisa ser escrachado demais para ser divertido, o programa, exibido no Multishow, se encaixa perfeitamente naquele horário em que você quer relaxar, no final da noite.


Semana passada, recebi um convite inesperado de uma amiga para assistir à gravação do programa. Imagina se eu ia perder essa chance!

Pois bem, a gravação do programa acontece no Rio de Janeiro, no Riocentro (Pavilhão 1 Portão B. Avenida Salvador Allende, nº 6.555). Tem bastante sinalização no local.

Você chega uma hora antes, uma pessoa na recepção checa seu nome na lista e te dá a pulseira. Aí, é só aguardar a abertura das portas do teatro.

Nós chegamos lá às 19h e as portas foram abertas às 20h. Um profissional coordena o preenchimento do espaço, garantindo 100% de ocupação dos assentos. Depois de todos sentados, ele dá as instruções gerais para a plateia, principalmente sobre como se comportar durante a gravação: não usar o celular, não fotografar ou filmar, não gritar, somente rir e aplaudir. Nada daqueles gritinhos de “Lindo!”, “Gostosa!”... Ou "V... aaaaado!", imitando o personagem Ferdinando! rs

Depois, entrou um humorista que eu não conheço e não é do elenco, mas que muita gente lá conhecia, para fazer um stand up. O cara era engraçado mesmo, foi um aquecimento bem legal. Ele ainda fez graça dizendo que aquela parte era a hora da plateia dar tudo de si, porque os segundos da plateia que vão ao ar, são filmados naquele momento. Realmente, todas as câmeras estavam voltadas para a plateia durante o stand up.

O stand up durou cerca de 20 minutos e foi realmente divertido. Pagaria fácil para assistir ao carinha (que não sei nem o nome)...

Finalmente, câmeras voltadas para o palco, campainha toca, luzes, toque final, ação!

Um a um, os personagens / atores são saudados efusivamente pela plateia, exatamente como acontece no programa. Não é uma gravação simples. Qualquer erro tem que voltar a cena, desde um posicionamento incorreto do personagem, um ruído no microfone, o giro do palco na hora errada, o esquecimento da deixa, enfim... Mas cada pausa vira uma oportunidade para a plateia interagir com o ator que está no palco.

Rola um saudosismo quando a gente assiste o Vai que Cola, porque a sitcom se passa no Méier, bairro onde já moramos! A vista da janela que fica no cenário do programa é exatamente como víamos da nossa janela! 


Fui procurar no site se havia indicação da data desse episódio ser exibido e descobri que será no dia 18 de novembro. Pra completar, ainda é o dia do meu aniversário! Presentão que ganhei da minha amiga!


Se você não tiver a sorte de ganhar um convite de presente, como eu, pode concorrer a vagas para assistir a gravação por email. De acordo com a instrução do site, é só mandar seus dados (nome completo e dos acompanhantes, quando tiver, número de telefone, RG e foto anexada) para plateiasitcom@gmail.com, indicando a data de preferência (veja as datas de gravação no site). Já vou me inscrever para ir de novo!

Assim como eu não perdi a oportunidade de visitar o Warner Studios na minha viagem pra Los Angeles, para quem estiver vindo ao Rio de Janeiro, assistir a gravação do Vai que Cola é uma opção que vale a pena se inscrever para incluir na programação! Nós rimos bastante!


Bj bj!
Kinha
Kinha

A bagagem de uma mulher, esposa, mãe, executiva e viajante, com um pouco de tudo e muito de nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esse espaço é seu... Deixe seu comentário e vamos conversar!