Dicas de viagem: Aldeia das Águas Park Resort - Barra do Piraí - RJ

Você conhece Barra do Piraí ? Pois bem, pra quem não conhece, Barra do Piraí fica no sul fluminense, na região do Vale do Paraíba, perto de Vassouras e Volta Redonda, a cerca de 100 km da cidade do Rio de Janeiro. A cidade é conhecida por suas fazendas, que retratam os tempos áureos do ciclo do café, muitas das quais hoje funcionam como hotéis fazendas.

Lá em Barra do Piraí fica também um parque aquático: Aldeia das Águas. Estivemos lá recentemente e vou compartilhar aqui um pouquinho da nossa experiência. 


O Aldeia das Águas Park Resort é um hotel formado por vários blocos de 3 andares, com quartos do tipo conjugado sala-quarto e cozinha americana. Acolhe muito bem famílias com crianças.

Nós passamos um final de semana lá, entramos na sexta à noite e saímos no domingo. 

O trajeto não é fácil para quem não conhece e o GPS nos fez uma "pegadinha", direcionando da BR-116 para uma estrada de terra e sem iluminação, no meio do nada, que em determinado momento a gente já não sabia se era melhor voltar ou continuar seguindo. Se estiver indicando o trajeto Estrada Pinheiral - Vargem  Alegre- Dorândia, fica tranquilo, você vai chegar lá. Depois de quase 10 km sem saber onde estávamos, finalmente chegamos na BR-393, onde fica o Aldeia das Águas. 

Comentamos no hotel e a recepcionista disse que esse caminho, embora parecesse ermo, é realmente a melhor alternativa para chegar ao hotel, no menor tempo. Acredito que se fosse de dia, teríamos ficado menos apreensivos e aproveitado a paisagem. 

O hotel não tem serviço de restaurante / room service após as 22h. Como fomos direto do trabalho, para não pegar estrada muito tarde, não havíamos jantado. O que nos restou foi comer biscoito no quarto... Para quem for chegar após as 22h ao hotel, vale fazer um lanche no caminho. Fica a dica!

Começamos o sábado loucos pelo café, que achamos delicioso! O restaurante tem vista para a piscina do hotel (a única que é aquecida e onde fica um bar molhado), já é um convite para relaxar... As crianças queriam mesmo é curtir o parque aquático, mas o tempo não estava ajudando, fazia muito frio ! 



Explorando o hotel

Indo na direção do parque aquático, a gente passa por um lindo lago, local propício para uma paradinha, seja para andar de pedalinho, pescar ou somente sentar na grama, curtindo o contato com a natureza. Aliás, esse é um diferencial do parque: está inserido em um ambiente cercado de verde, numa geografia privilegiada. Só apreciar o visual já é bastante relaxante... Mas quem disse que as crianças querem relaxar ? Elas querem gastar energia! J


Mais adiante, fica a fazendinha do hotel, que é muito simples, mas bem cuidadinha, com uma hortinha e alguns animais nos cercadinhos - porquinhos, coelhos, galinhas d'angola, perus, etc. As crianças adoraram dar uma paradinha para observar os animais.


O hotel tem quadra de esportes, campinhos de futebol, mini-golf... Você vai encontrando pelo caminho as atividades...



O Parque Aquático

E finalmente, chegamos no parque aquático...  Podemos dividir o parque em duas áreas, uma no lado direito, que fica num terreno em aclive, que permitiu fazer vários ambientes em diferentes níveis, piscinas com tobogãs, outras formando quadras para esportes na água, áreas infantis, bar molhado, além de restaurantes e lanchonetes, etc.



Do outro lado da ponte, à esquerda, você encontra uma área mais compacta, onde estão outras atrações, como as corredeiras, piscinas de ondas, brinquedos infantis, etc. 

O parque estava muito vazio, era início de julho, já pleno inverno, então os visitantes estavam fugindo do frio... Veja só: céu cinzento, piscinas vazias, todo mundo encasacado... 




Para entreter as crianças, as recreadoras até tentaram promover umas atividades no parque... Mas só meia horinha, mal deu para o aquecimento...


Acabei inventando uma corrida com os meus filhos, que atraiu as outras poucas crianças que ali estavam e virei a tia da recreação... kkk  Chicotinho queimado, galinha choca, batatinha frita, vivo ou morto... Desenterrei essas brincadeirinhas bobas e minha filha ainda me disse que as minhas foram muito mais divertidas que as do hotel! Ganhei o dia! J


O Aldeia das Águas também oferece o sistema de day-use, para visitantes que vão apenas passar o dia no parque. Nesse dia, não tinha nenhum visitante, somente hóspedes. Para todos, hóspedes ou visitantes, o funcionamento do parque é até as 17h.  

Depois desse horário, a equipe de recreação promove atividades com as crianças na área da piscina, em frente ao restaurante, onde também tem salas de jogos e um cineminha. À noite, rola uma atividade externa com as crianças, após o jantar. Não é muito estruturada, mas participar dessas atividades é sempre bom para interação com outras crianças.

A recreação não é o forte do hotel. Na minha visão, aqui está uma grande oportunidade de melhoria, pois no inverno, como o parque aquático deixa de ser a principal atração, o hotel precisa desenvolver outros atrativos para as crianças, ou vai ficar subaproveitado nesse período... 

No dia seguinte, o sol deu o ar de sua graça, liberando as crianças para entrarem na água. Finalmente puderam curtir o parque.


A atração mais radical do parque é o Kilimanjaro,  um toboagua de 50 m ! Já imaginou descer dessa altura ? Segundo o hotel, a atração foi incluída no Guiness Book, o livro dos recordes, como o maior toboagua do mundo! Eu não tive coragem de encarar... Você teria ? O meu cunhado encarou!


E assim, curtimos um final de semana de frio no Aldeia das Águas... As crianças aproveitaram bastante, mesmo com pouco sol... Nós pudemos relaxar e curtir uma boa noite de sono no friozinho, o que também é bom demais! Com frio ou calor, vale a pena conhecer o Aldeia das Águas!



Bj bj!


Kinha
Kinha

A bagagem de uma mulher, esposa, mãe, executiva e viajante, com um pouco de tudo e muito de nada.

4 comentários:

  1. Kinha, Realmente é um excelente passeio. Também conheço e você conseguiu retratar a essência do parque. Ah, esse seu cunhado deve ser uma pessoa muito corajosa...

    ResponderExcluir
  2. Olá, Carlos! Ele realmente encara tudo! Você precisa conhecê-lo! rs

    ResponderExcluir
  3. Respostas
    1. Olá, Ivaneise!
      Sim, a comida é boa! Só o buffet de sobremesas que eu acho que poderia ser mais variado, mas atende bem.
      Bj bj!

      Excluir

Esse espaço é seu... Deixe seu comentário e vamos conversar!