Férias na Disney: definindo a programação!


Está na contagem regressiva para a Disney ?

No primeiro post, descrevi os passos para montar o pacote de viagem (passagens aéreas, hotel, compra de ingressos, aluguel de carro, seguro viagem). Agora, está na hora de definir a programação.

Organizando...

Em geral, programo um dia para cada parque. As exceções são os dias adicionais dos combos (4+1 free Disney e 2+1 Universal), que podem dividir dois parques num mesmo dia. No caso dos parques Disney, vale até para ir só no finalzinho do dia, para assistir a um show noturno.

Faço uma lista de tudo que pretendo fazer, o que não posso voltar sem ter visto, para facilitar na hora de montar a programação. Depois, lanço numa planilha simples no Excel, distribuindo as atividades, pelo tipo de programa, tempo de permanência, deslocamento, etc.

     ...

Como estamos indo na alta temporada, na primeira quinzena de agosto, que pega aqueles que esticaram as férias escolares no Brasil e também o recesso de verão americano, planejar é muito importante.

Escolhendo os dias para cada parque

A definição de qual parque em cada dia depende basicamente da movimentação. Pesquiso a previsão de movimento dos parques, para evitar os dias de maior movimentação. Assim, as chances de evitar tumultos e filas aumentam!

Uso duas fontes: uma é o Ridemax, uma ferramenta que auxilia o planejamento da visita aos parques Disney, com informação de movimentação dos parques e tempo de espera nas filas (www.ridemax.com). Custa USD 24,95 por ano. Vou fazer um post sobre ele.

A outra fonte é o site https://www.undercovertourist.com/orlando/crowd-calendar/. O site é gratuito. Olha o panorama que o site indica para o período que vamos:



Com base nessa previsão (nesse caso, assustadora!), vou definindo os dias de parque tentando buscar os parques com sinal verde (menor movimentação). A única exceção pra mim é o Magic Kingdom. Esse parque tem que abrir a programação. É lá que cai a ficha "Estou na Disney"...

Feita a prévia dos dias de parque, o passo seguinte é verificar as refeições com personagens.

Agendando as refeições com personagens

Fazer as refeições com personagens é um jeito divertido de matar dois coelhos com uma cajadada só. Sim, porque seus filhos vão ficar loucos quando encontrarem algum personagem nos parques e você terá que ficar um tempão na fila para ele poder tirar uma foto. Além disso, você vai precisar mesmo parar para uma refeição, afinal ficar 10 horas (ou mais!) no parque com criança só na base de lanche não dá. Assim vc almoça, tira foto com seus personagens favoritos (que vão na sua mesa) e não precisa perder tempo nas filas de encontro com personagens nos parques.

Algumas refeições são muito procuradas e a gente só consegue reservar com muita antecedência, como a do Castelo da Cinderela, que abre reserva com 6 meses de antecedência. Outra bem concorrida agora é do Castelo da Fera, restaurante Be Our Guest. Quanto mais em cima, maior o risco de não conseguir a refeição no dia que irá ao parque. Nesse caso, não tenho dúvida que vale alterar a data da visita ao parque em função do agendamento da refeição.

Se quiser saber mais sobre as refeições com personagens e nossas experiências, leia aqui.

Já que os parques estarão mais cheios, até os restaurantes comuns (sem personagens) eu reservei. Parece engessar demais ? Pode até ser que sim, mas é muito ruim criança com fome e ter que enfrentar fila pra entrar no restaurante. Ou nem conseguir, como já me aconteceu. Prefiro garantir! Mau humor de fome na Disney, por favor, não! Sem contar a perda de tempo, que você poderia estar aproveitando em alguma atração, e tem que ficar na fila no restaurante. Com tudo reservado, a gente só precisa se preocupar de estar na entrada do restaurante uns 10 minutinhos antes e pronto.

Todas as refeições nos parques Disney, com e sem personagens, podem ser reservadas no site:


Você pode ir direto neste endereço: https://disneyworld.disney.go.com/dining/#/reservations-accepted.

Isso também vale para os restaurantes em Downtown Disney, onde tem ótimas opções para o final do dia. Vale para jantar e também para circular pela região, que é recheada de atrações e lojinhas! Além de Downtown, outra boa opção é Citywalk, a área de entretenimento da Universal, que fica entre os parques (Universal e Island of Adventure). Ali, até pela localização, é parada obrigatória para jantar e encerrar o dia quando sai dos parques Universal.

Falando em jantar, outra opção são os jantares temáticos, que são uma espécie de show. Um deles (o mais famoso) é o Medieval Times, que acontece num castelo medieval. Você se sente um convidado do Rei, participa do "banquete" e assiste ao duelo dos cavaleiros. Vale a pena. Além desse, tem outros jantares com outros temas, como Arabian Nights e Pirate's Dinner. Nós vamos repetir o Medieval Times, porque o nosso grupo não conhece. O site da atração é http://www.medievaltimes.com/home.aspx. Dá pra comprar os ingressos diretamente no site ou através de agências e sites no Brasil.

E finalmente, tem que ter dia para compras. Sinceramente, não é o objetivo da nossa viagem, com dólar alto como está, mas tem coisas que mesmo com a valorização da moeda, ainda é melhor comprar lá. Nada como um bom outlet, dar uma olhada nos lançamentos da Best Buy ou mesmo uma comprinha no Walmart! :D

Programação concluída! Hora de pensar no Fast Pass+ e aplicativos que otimizam seu roteiro no parque, em função do tempo das filas. Vou comentar sobre isso na etapa "Otimizando seu dia nos parques", no próximo post...

Orlando, aí vamos nós!

Bj bj!

Kinha
Kinha

A bagagem de uma mulher, esposa, mãe, executiva e viajante, com um pouco de tudo e muito de nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esse espaço é seu... Deixe seu comentário e vamos conversar!