O irmão de Jorel



As crianças me apresentaram a um novo desenho do Cartoon Network, que parece ser o desenho do momento: "O irmão do Jorel".

Jorel é um menino excepcional, com meses de nascido andava de bicicleta sem as mãos! Tem cabelos compridos e lisos, esvoaçantes, mas que sempre estão perfeitos. Está sempre impecável com seu modelito esportivo. É uma minicelebridade, faz comerciais para TV. Também é um esportista nato, já bateu recordes até nas modalidades mais inusitadas, como fazer embaixadinha com um grão de arroz. Faz manobras radicais no skate e sempre para de pé. Todo mundo adora Jorel! Faz sucesso entre as meninas. é referência na família, na escola, no bairro... Jorel é o cara! Mas o desenho é do irmão do Jorel! 

Ah, sim! Jorel tem um irmão caçula que ninguém conhece pelo nome: ele é simplesmente o irmão do Jorel. Nem a sua amiguinha mais próxima o chama pelo nome. Menino franzino, feinho, tenta a todo custo se fazer notar e sair da sombra do irmão-perfeito. Ou tenta passar despercebido, para não ser zoado, mas essa parece ser sua sina... 

Seus pais são tipos engraçados: não sei se o desenho se passa nos anos 80 ou se sua mãe parou naquela década, vestida de colant, calça de lycra e polaina, modelito flashdance; seu pai banca o ator e transita da ficção para a realidade com uma facilidade... 

O desenho mostra as desventuras do irmão de Jorel tentando se enquadrar e "ser aceito". É engraçadinho, mas mostra uma realidade triste. Quantas crianças não se inspiram no irmão mais velho porque ouvem de seus pais o tempo todo que o irmão sempre foi assim ou assado ? Quantos jovens demoram a se descobrir, a buscar o que realmente sonham, porque ficam tentando se moldar à referência dos seus pais ? Nesse sentido, o desenho é uma provocação bem interessante. Quem disse que todo mundo tem que ser Jorel ?

Aliás, ser Jorel pode ser muito chato! De Jorel tudo é esperado: as melhores notas, as melhores escolhas, os exemplos... Jorel não pode errar. Tá sempre no Big Brother, todo mundo o observa, todo mundo o admira. Ufa! Imagina só tanta expectativa nos ombros de uma só pessoa! Imagina também conviver com alguém que vive se gabando do que faz e se exibindo para a "plateia". Será que Jorel tem amigos ? A vida do irmão do Jorel não é fácil, não, mas a vida do Jorel também não deve ser... Afinal, é preferível ser o irmão de Jorel e ter a liberdade de não ter que acertar sempre a viver na clausura da pseudo-perfeição! 


Kinha
Kinha

A bagagem de uma mulher, esposa, mãe, executiva e viajante, com um pouco de tudo e muito de nada.

2 comentários:

  1. Kinha, um texto muito inteligente – como sempre são, aliás – que retrata, com sapiência, a situação de várias pessoas em seus mais variados níveis de relacionamentos: com familiares, com amigos, com colegas de trabalho, com conhecidos, com desconhecidos, com inimigos, com você mesmo, comigo mesmo etc.

    Os dois lados têm suas vantagens e suas desvantagens, o que prova, acredito eu, que ser o Jorel ou o Irmão do Jorel não é ser errado, não é ser melhor ou pior, é simplesmente ser, e, dessa forma, SER O QUE SOMOS, melhor do que isso, SER FELIZ DA MANEIRA QUE SOMOS OU QUE VIVEMOS.

    E quem é o Jorel não nunca quis ser o Irmão do Jorel? Qual Irmão do Jorel que não desejou ser o Jorel? Qual Jorel que não é feliz em ser o Jorel? Qual o Irmão do Jorel que não é feliz ser exatamente assim, Irmão do Jorel?

    Fato é que às vezes ser o Irmão do Jorel pode ser legal. Até já fizeram um desenho sobre o tal Irmão do Jorel. Até já escreveram sobre esse cara. Até já comentaram sobre os textos escritos sobre esse menino...rs

    Vida, vida que segue, como tem que ser. ....

    Assinado: EU (às vezes Jorel, às vezes Irmão do Jorel)

    ResponderExcluir
  2. Caraca, Carlos! Excelente ponderação!
    Confesso que esse post foi publicado por engano, achei que estava salvando.😉 Mas foi ótimo, pois vc o concluiu de forma brilhante!
    Proponho inclusive uma co-autoria ao post... 😃

    ResponderExcluir

Esse espaço é seu... Deixe seu comentário e vamos conversar!