Chile: Conhecendo o Valle Nevado

Acabei de chegar de uma viagem maravilhosa para o Chile e estou doidinha para compartilhar. O objetivo dessa viagem era levar as crianças para conhecer a neve, então... rumo ao Valle Nevado!

Valle Nevado fica na Cordilheira dos Andes, a cerca de uma hora de Santiago. É a maior estação de esqui da América Latina.
Vista da janela na subida para o Valle Nevado

Tem muitas operadoras de turismo que fazem o passeio de um dia à estação de esqui. Dá para contratar nas agências de turismo ou nos próprios hotéis. Algumas pessoas se aventuram a alugar um carro e ir por conta própria. Eu considero mais seguro contratar o passeio, pois a estrada é muito sinuosa e íngreme, além de que dirigir na neve exige experiência. Eu nunca dirigi com correntes nas rodas, por exemplo. Contratando o passeio, a gente não se estressa com a direção e aproveita o visual!
Teleféricos

Tem um mega resort lá, o Valle Nevado Ski Resort, que oferece toda infraestrutura, não só para quem se hospeda como também para aqueles que apenas passam o dia na estação, como nós fizemos. Li na Wikipédia que cerca de 70% dos turistas que se hospedam no resort na alta temporada são brasileiros e não me espanto, pois realmente parecia que a língua oficial lá em cima era o português, de tanto que ouvia brasileiro hablando (na verdade, falando mesmo) lá.

O hotel é deslumbrante... Não exatamente pela construção em si, mas pelo todo. Olha só essa localização...
Vista na subida
Já lá em cima

Para quem vai passar o dia, tem restaurante com área externa para fazer a refeição curtindo a vista para a neve.
Não precisa se preocupar com os equipamentos de esqui. Tem uma loja que aluga o kit completo, por cerca de US$ 80 a diária. Precisa apresentar um cartão de crédito, pois é exigido na locação, para caução. 

Aí, é só se jogar na neve... 
Como era a nossa primeira vez, contratamos a aula de esqui para crianças. Turma de até 6 crianças com um profissional, numa pista exclusiva. US$ 100 por criança, incluindo os equipamentos (botas, capacete e esqui). Não é barato, mas é mais seguro para quem está iniciando. 
Depois de um treinamento básico, as crianças já estavam descendo de esqui na neve... É claro que numa área bem light e contida. Kkk 
Outra coisa legal é que há uma esteira rolante, o que torna menos cansativo para os pequenos. É só aproveitar a descida, sem o esforço da subida!
Para quem nunca esquiou, já digo: não parece andar de patins. As botas são super pesadas, manobrar os esquis também não é simples. Levantar depois de cair (que é provável que vai acontecer) é um desafio à parte. Mas é muito divertido! Mesmo que você não consiga evoluir muito no esqui, vai valer pelas gargalhadas dos micos que vai pagar. 
A estação fecha às 16h. De repente, todo mundo começa a ir embora e o local se esvazia completamente. Ficam somente os hóspedes.

Quando íamos embarcar para descer, o motorista viu que o pneu da nossa van estava furado e precisou trocar. Fomos os últimos a descer do Valle... Tenho que agradecer por isso, porque foram momentos de silêncio e paz ali, contemplando aquele visual... 
Nós subimos e descemos no mesmo dia. Foi ótimo, deu para aproveitar, mas numa próxima vez, talvez valha avaliar pernoitar pelo menos uma noite por lá, para curtir mais o local. Essa dica vale principalmente para quem realmente curte esquiar ou queira mesmo aprender. 

Na descida, paramos ainda para fazer ski-bunda! O nosso guia já tinha levado as pranchas e parou numa área que era adequada para descermos. Muito engraçado! Fechou o dia com chave de ouro!
Olha eu aí quase camuflada na neve...
E aí ? Você quer brincar na neve ? Então vá conhecer o Valle Nevado! Mas lembre que a temporada de neve é no inverno, final de junho a final de setembro.

Bj bj!
Kinha
Kinha

A bagagem de uma mulher, esposa, mãe, executiva e viajante, com um pouco de tudo e muito de nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esse espaço é seu... Deixe seu comentário e vamos conversar!