Filme: "Walt nos bastidores de Mary Poppins"



Assisti hoje ao filme "Saving Mr. Banks", aqui no Brasil com o nome "Walt nos bastidores de Mary Poppins", com Tom Hanks, Emma Thompson e Colin Farrel. Tom Hanks interpretando Walt Disney ? É claro que eu não perderia!

O filme é baseado em fatos reais e conta a estória de como Walt Disney conseguiu a cessão de direitos da autora Pamela L.Travers para filmar "Mary Poppins", uma negociação que levou anos para se concretizar. Segundo dizem, os dois nunca se gostaram e a autora não aprovou o resultado do filme. Se foi isso mesmo ou não, pouco importa. O que importa é que o filme conta uma boa estória, mesmo que romantizada e adocicada, mas também não dava para esperar nada muito diferente, afinal, estamos falando de um filme dos estúdios Disney, em que dois grandes ícones estão representados: Walt Disney e a autora do grande sucesso "Mary Poppins". Não dava para mostrar os "bastidores" do filme como um desastre!

Vamos ao filme. Mrs. Travers é uma mulher dura e amarga, incapaz de demonstrar qualquer delicadeza ou fazer uma gentileza. Ao longo do filme, vai se revelando que tudo isso era uma armadura na qual a autora se aprisionou para esconder suas lembranças e sentimentos mais profundos.

Do outro lado, Walt Disney, exatamente do jeito que a gente imagina: um homem alegre e sonhador, um pai amoroso, querendo cumprir a promessa feita a suas filhas de fazer um filme daquele livro que tanto as encantou. 

A sutileza com que Walt Disney conduziu esse processo de persuasão da Mrs. Travers, tentando se colocar no lugar da autora e compreender aquela imensidão de significados que o que parecia ser uma simples cessão de direitos autorais representava, foi fascinante. Além da persistência, deu lições de sensibilidade, empatia e respeito. Foi incansável na busca do seu objetivo: "um pai nunca quebra uma promessa feita a um filho". 

O filme conduz a uma viagem pelas lembranças mais profundas da infância da autora e também de Walt. E reforça que tudo tem um porquê, cada comportamento tem uma origem, uma razão de ser. Por mais que a tenhamos deixado pra trás, escondida num passado distante, pseudoesquecida, ela está presente no que nos tornamos.

Abrir a caixa preta, reencarar frustrações e decepções, por mais difícil que seja, é a chance de se reencontrar e fazer as pazes consigo mesma. Se perdoar para seguir em frente. Nem sempre a vida dá às estórias o melhor final. Mas como disse Disney, a imaginação é a forma de restaurar a ordem das coisas, é a chance de recontar as estórias, trazendo esperança para que consigamos viver em paz.

Recomendo o filme!

Assisti hoje ao filme "Saving Mr. Banks", aqui no Brasil com o nome "Walt nos bastidores de Mary Poppins", com To...

Dicas de viagem: Orlando - Conhecendo os parques Disney


Não vou dizer que sempre sonhei em ir à Disney. Na verdade, na minha infância, o que eu sabia da Disney era que o Silvio Santos distribuía viagens para lá no programa Domingo no Parque da mesma forma que dava tênis Montreal. rsss Lembro até de uma vez, naquele jogo da cabine, em que a criança ficava com o fone no ouvido e tinha que dizer "Siiiiiim" ou "Nããããão" à proposta do Silvio quando a lâmpada acendia, que foi perguntado a um menino se queria trocar uma bicicleta por uma viagem à Disney e eu disse em coro com ele, de casa: "Nããããão!" O que poderia ser mais legal que uma bicicleta ?

Perto dos meus 15 anos, naquele clima de festa de debutante, com direito a valsa e cadetes, uma amiga me surpreendeu dizendo que não queria festa: iria para a Disney. Como assim ? Deixar de fazer festa para viajar sozinha para a Disney ? Pois ela foi e voltou deslumbrada com tudo que viu lá. Nessa época eu imaginei como seria uma viagem dessas, mas parecia muito distante da minha realidade. E de fato era.

20 anos se passaram. Fui à Disney pela primeira vez em outubro/2011, com a desculpa de levar nossos filhos, que completavam 5 anos. Simplesmente inesquecível! Não imaginava que iria me encantar tanto com aquele mundo da fantasia, ao ponto do meu marido dizer que a "criança" que mais se divertiu na viagem fui eu. E olha que nossos filhos curtiram pra valer!

Na Disney, eu redescobri o meu lado criança, que, confesso, estava meio esquecido. Lá eu me despi do estresse e das preocupações do dia a dia e me deixei levar pela emoção, logo na entrada do Magic Kingdom! No ranking dos momentos mais emocionantes e marcantes da minha vida, seguramente, nossa primeira viagem à Disney está entre os top five. Andar pelo parque de mãos dadas com meus filhos, vivendo aquela fantasia, foi realmente uma grande realização!

Por esse relato, você já pode imaginar que não vai ser nenhum "sacrifício" escrever sobre essa viagem, né ? Não dizem que recordar é viver ?

Vou começar falando sobre os quatro parques da Disney (clique no nome para ver o post):

Magic Kingdom


Quando a gente imagina a Disney, depois do Mickey, claro, qual a principal imagem que vem à cabeça ? Certamente é o Castelo da Cinderela, o mesmo que aparece na vinheta de abertura dos filmes Disney! Esse castelo fica no Magic Kingdom, o reino da Magia.

Então, para entrar realmente no clima, o primeiro parque a visitar é o Magic Kingdom! Quer saber mais sobre esse parque e suas principais atrações ? Leia aqui: Magic Kingdom.

 Epcot



EPCOT é uma sigla de Experimental Prototype of Community of Tomorrow, ou seja, Protótipo Experimental de Comunidade do Amanhã. Parece sério demais para ser divertido, né ? Aí que você se engana! Pode se preparar para se divertir e ainda viajar por 11 países numa tarde só! Quer saber como ? Veja aqui: Epcot.

Hollywood Studios

Depois do Magic Kingdom, esse é o meu parque preferido. A principal razão é que esse parque é inspirado em um estúdio de filmagens. Aqui, o cinema e diversão se entrelaçam, numa mistura perfeita! Quer conhecer as principais atrações ? É só ler um pouquinho mais aqui: Hollywood Studios.

Animal Kingdom


"Espero que nós nunca percamos de vista que tudo começou por causa de um rato!" Essa frase de Walt Disney era uma afirmação constante quando desenvolvia a primeira ideia de usar animais vivos para uma atração. (A Magia do Império Disney. Ginha Nader, 2007)

O Animal Kingdom é o parque-zoológico da Disney. Quer conhecer um pouco mais ? Leia aqui: Animal Kingdom.

Se você está planejando conhecer a Disney ou gosta de recordar um pouquinho também, embarque comigo nessa viagem!

Let the memories begin!

Bj bj!

Não vou dizer que sempre sonhei em ir à Disney. Na verdade, na minha infância, o que eu sabia da Disney era que o Silvio Santos distribu...

Dicas de viagem: Gramado e Canela com crianças - Parte 2

Esse é o segundo post do nosso Carnaval em Gramado (primeiro post aqui). Como a cidade é coladinha em Canela (7 km), aproveitamos para fazer um tour por lá também. Vou contar um pouquinho do que conhecemos em Canela aqui.

Conhecendo Canela

Centro de Canela

Canela é uma cidade linda e organizada. Não dá para deixar de caminhar pela rua principal, que leva até a matriz, passando por praças e jardins floridos e muitas lojinhas de artesanato e de chocolates, que valem uma paradinha básica.

Catedral de Pedra
Praça da Matriz, s/n

Bem no Centro, você avista a "Catedral de Pedra", como é conhecida essa belíssima igreja construída em estilo gótico, a Paróquia Nossa Senhora de Lourdes.




Parque do Caracol
RS 466 - 7 km, Estrada do Caracol, Canela, RS

Lembra do parque dos desenhos do Zé Colmeia e Catatau, o Jellystone (o verdadeiro que inspirou o desenho é Yellowstone)? Pois você vai lembrar desse parque quando entrar no Parque Estadual do Caracol. Aqui, as pessoas vêm com suas famílias passar o dia. Chegam com os carros lotados, pegam uma das churrasqueiras espalhadas pelo parque (vi pelo menos 15), armam suas cadeiras, redes, enfim, aproveitam o dia curtindo a natureza!



O parque tem área de lazer para as crianças, com balanços, escorregas e outros brinquedos, um trenzinho que circula pelo parque, além de trilhas ecológicas para os mais dispostos. Mas o principal é a vista da Cascata Caracol. É linda e pode ser vista parcialmente em diversos pontos das trilhas, ou no mirante principal, que permite a vista da cascata inteira. Tem um elevador panorâmico, mas ouvi uma dica de que a vista da cascata é basicamente a mesma, então não quisemos pagar por isso.



Para detalhes: http://www.parquedocaracol.com.br/.


Parque Terra Mágica Florybal
Estrada RS 466, KM 5, 1630 - Caracol, Canela - RS


O parque foi idealizado pelo fundador da Florybal Chocolates e é um passeio imperdível por uma terra encantada. Você já entra por uma mina de chocolate e o aroma já contagia logo na entrada! O ingresso já dá direito a uma degustração de chocolate cremoso, branco, ao leite ou amargo. Uma delícia!


As principais atrações do parque são:

- um tobogã pela mata (Django Gan)



- Cinema 7D (pago à parte)


- voo do Pterodáctilo (um teleférico que voa baixo e por um trecho bem curto; também é pago à parte)


- castelo, com um playground no segundo andar gratuito, onde as crianças se divertem e os adultos descansam nos vários pufes espalhados na área (grande sacada!)


- e teatro de fantoches ao ar livre.


Na trilha do parque, você encontra mais de 1000 esculturas, de temas variados: dinossauros, gnomos e fadas, personagens da mitologia grega, reino animal, aldeia indígena, imagens de santos, de Jesus com os apóstolos na última ceia, predadores e aliens, etc. Aqui cabe tudo! A cada área do parque, um cenário diferente. Não fique esperando uma lógica... Simplesmente, entre na viagem da terra mágica.


 Essa escultura é enooorme! Dá um close na mão do gigante!


Para detalhes: http://parqueterramagicaflorybal.com.br/.

Alpen Park
Rodovia Arnaldo Oppitz, 901 - Canela

O Alpen Park fica a poucos minutos da Catedral de Pedra. Ali você já vê placas direcionando o caminho. Você não paga para entrar no parque, só para as atrações. O estacionamento custa R$ 6,00.


O parque é mais voltado para quem curte aventuras, com rapel, muro de escalada, arvorismo, tirolesa e trilhas de quadriciclo. Englobando todas essas atividades, o parque é mega, mas a área que concentra mesmo a maioria das pessoas é onde estão os brinquedos, então, o parque parece bem pequeno, quase uma praça com os brinquedos em volta.  

O carro-chefe do Alpen Park é o Trenó (R$ 22,00/individual), onde duas pessoas descem juntas por uma trilha no meio da mata atlântica atingindo até 40 km/h. A fila é grande e o circuito é super rápido, mas mesmo assim vale a pena.


Além do Trenó, o parque tem Cinema 4D (R$ 19,00), com sessões de meia em meia hora, alternando entre dois filmes. Assistimos o filme "A origem da vida", que foi bem elaborado e conta a história do surgimento da Terra e a evolução dos seres vivos até os tempos atuais. Tem o Alpen Interactive, um jogo interativo 5D inspirado no velho oeste (R$ 15,00), e a Alpen Blizzard, uma montanha-russa (R$ 17,00).  Tem um passaporte que permite acesso ilimitado a esses quatro brinquedos, por R$ 59,00. Para quem pretende ir nos quatro brinquedos, vale a pena, pois pagaria R$ 73,00. Sem contar que pode repetir à vontade.


O parque também tem uma área infantil, Alpen Kids, mas é pequena e só atende aos bem pequenos mesmo!

Detalhes: http://www.alpenpark.com.br/

Florybal Chocolates
Avenida Ernani Kroeff Fleck, 264 - Remanso- Canela


Há diversas lojas Florybal espalhadas pela cidade, sempre com um atrativo para crianças, seja um playground, um escorrega, um castelinho etc. Essa unidade, que fica logo na entrada da Estrada Caracol, tem uma casa do terror, com personagens vivos, e também uma patinação no chocolate para crianças e adultos (no lugar da pista de gelo, é uma pista que parece cera com aroma de chocolate). Custa R$ 10,00 por pessoa, 15 minutos de patinação. Vale a pena dar uma paradinha. Até eu patinei!


Gastronomia

Comer bem é o mínimo que você faz em Gramado. Dentre as diversas opções de gastronomia, tem duas coisas que você não pode deixar de fazer: tomar um café colonial e comer um rodízio de fondue. Você vai encontrar diversos restaurantes com esses serviços, é só escolher.

Café colonial

O café colonial não é exatamente um café da manhã, é uma refeição, que você pode fazer a qualquer hora do dia. Inclusive, em geral, depois das 15h, os restaurantes fecham e só reabrem às 19h. Mas o café colonial está lá, de portas abertas.

Nós fomos ao Café Colonial Bela Vista, que é um dos mais tradicionais. Tem até duas unidades, ambas na Av. das Hortênsias, nos dois sentidos. Nós fomos na unidade que fica ao lado do Super Carros, sentido Canela-Gramado. Prepare-se para comer de tudo: pizza de sardinha (daquelas que a nossa mãe fazia, sabe ?), pizza de mussarela e presunto, torta salgada, bolos de diversos tipos - chocolate, cenoura, fubá, comum -, salgadinhos (risoles, bolinhas de queijo), frango a passarinho, frango à milanesa, pães, queijos, geléias, e para beber, café, chocolate quente, suco de uva. Além disso, tem um buffet de sobremesas, também incluso na refeição, com tortas, gelatinas, sorvetes, tudo de sabores variados... A refeição custa quase R$ 50,00 por pessoa, mas você realmente sai satisfeito!



Rodízio de Fondue

O rodízio de fondue tem três etapas: queijo, carne e chocolate. Você vai passando para a etapa seguinte à medida que se satisfaz, não precisa se limitar à primeira bandeja de cada tipo.

A novidade aqui é que o rodízio de carne não é com a panela de óleo quente na sua mesa, onde você frita a carne, mas sim com uma pedra (parece mármore) quente, que você salga e vai virando a carne como se fosse uma chapa. Bem menos desagradável do que aquele óleo no ambiente! Para a acompanhar a carne, uma diversidade de molhos.

Nossos filhos nunca tinham comido fondue de carne, então achei engraçado eles dizerem que o pessoal do restaurante era muito espertinho, pois a gente mesmo que tinha que preparar a comida! Quando explicamos para eles, ainda acharam que foi uma péssima escolha, porque dá muito trabalho!

A última etapa é a mais esperada, mas também a mais comum em Gramado, já que não faltam casas de chocolate servindo a sobremesa. Mas não dá para deixar passar um fondue de chocolate!

Fomos ao rodízio de fondue no Carlito's, que fica na Avenida das Hortênsias, 1040. O restaurante oferece transporte gratuito hotel-restaurante-hotel, basta ligar para (54) 3286-4523.


Coisas que ficaram pra próxima viagem

Infelizmente, quatro dias foram poucos para tudo que queríamos fazer. Deixamos passeios para trás, que servirão de incentivo para voltarmos.

Snowland

O parque de neve foi uma das razões para termos ido a Gramado, pois queria muito que as crianças tivessem a sensação de brincar na neve. Mas no dia que fomos (2a feira de Carnaval), o parque estava lotado, com filas de 3h30 para entrar. Desistimos. Vai ficar para a próxima vez.


Passeio de Maria Fumaça e tour por Bento Gonçalves e Garibaldi

Esse passeio dura um dia inteiro. Infelizmente, faltou tempo... Também vai ficar para a próxima!

Apesar disso, aproveitamos muuuuuito Gramado e Canela! 

Esse é o segundo post do nosso Carnaval em Gramado (primeiro post aqui ). Como a cidade é coladinha em Canela (7 km), aproveitamos para faz...

Dicas de viagem: Gramado e Canela com crianças - Parte 1

Gramado e Canela te remetem a que ? Frio, lareira, passeios românticos, tour gastronômico regado a queijos, vinhos e fondue, certo ? Sim, não faltam opções assim! Mas Gramado e Canela não se restringem a passeios a dois. Na verdade, as cidades vêm cada vez mais se estruturando para receber crianças, com diversas opções para alegria dos nossos pequenos!

Passamos o Carnaval em Gramado, fugindo da folia do Rio de Janeiro! Como a distância entre Gramado e Canela é de 7 km, deu para aproveitar um pouquinho das duas cidades. Vou compartilhar um pouquinho do que fizemos nesses 4 dias (fomos no sábado e voltamos na terça-feira).

Chegada pelo aeroporto de Caxias do Sul



Embora a opção mais comum de chegada seja pelo aeroporto de Porto Alegre, Caxias do Sul é a melhor opção. Caxias do Sul fica a 70 km de Gramado, enquanto Porto Alegre fica a 115 km. O tempo de voo é mais ou menos o mesmo partindo de São Paulo (ambos os voos no horário que queríamos eram com conexão em São Paulo): para Caxias do Sul o voo dura cerca de 1h30, e para Porto Alegre, cerca de 1h20. Ou seja, não faz muita diferença, prevalecendo a distância rodoviária.

Aluguel de carro
Alugar um carro é o ideal para que você possa passear pela região. No aeroporto tem várias locadoras, faça uma pesquisa prévia e já reserve on line. Utilizei o site www.rentcars.com.br. Fica mais econômico alugar um carro do que pagar transfer aeroporto-hotel-aeroporto e contar com táxis ou operadoras de turismo para os passeios pelas cidades. Além disso, com crianças, nunca se sabe ! Ter a liberdade de “abortar” um passeio no meio porque estão cansadas ou com fome ou porque não agradou mesmo não tem preço!

Trajeto
A estrada de Caxias do Sul a Gramado é bem pavimentada e sinalizada. A serra não tem iluminação - como a maioria -, então, para quem não conhece a estrada, o melhor mesmo é seguir durante o dia. Além de que possibilita apreciar a paisagem, que é linda!

Você segue a RS-235 de Caxias do Sul, passando por Galópolis, Nova Petrópolis e Gramado. Usamos o GPS do celular (Google Maps) e chegamos tranquilamente. Tem dois pedágios no caminho, mas um está desativado. O valor do pedágio foi R$ 5,90.

Hospedagem para todos os gostos!
Na região, tem diferentes tipos de hospedagens: campings, hostels, pousadas e hotéis de todos os estilos. Basta procurar um que melhor se adeque à dinâmica da sua família!

Comprei o nosso pacote no Hotel Urbano, hospedagem para casal no Carnaval no hotel Alpenhaus (Avenida Borges de Medeiros, 4206, Centro, Gramado), com gratuidade para criança até 12 anos.

Chegando no hotel, fomos informados que recebemos um upgrade e iríamos para o resort, que ficava em outro lugar. Ótima notícia, não fosse pelo fato de estarmos cansados da viagem e cheios de fome! O recepcionista nos deu um mapa que não era fiel, a bateria do meu celular acabou e tentamos pedir informação, mas ninguém conhecia o tal do Alpenhaus Resort. Até que um menino falou que naquela rua só tinha um resort, mas se chamava Serrano. Já tínhamos passado em frente, mas resolvemos entrar e perguntar. E não é que era lá ?! O recepcionista esqueceu de dizer esse pequeno detalhe de que o hotel tinha um nome diferente! 

Nada que só a fachada do hotel já nos fizesse esquecer... Enfim, Serrano Resort Convenções & Spa (Av. das Hortênsias, 1480, Centro).


O Serrano Resort é bem completo, com SPA para tratamentos estéticos e terapêuticos, salão de beleza, academia, Kid’s Club com recreação infantil das 10 às 22h, quadras de esporte, piscinas térmica e externa, salas de jogos, etc. Como era Carnaval, o hotel tinha uma programação especial para as crianças no Kid’s Club. Apesar de tudo, praticamente não ficamos no hotel, apenas chegávamos para dormir ou sair novamente. Uma pena... Quem sabe, voltando com mais tempo, podemos aproveitar melhor a estrutura.

O hotel também dispõe de três restaurantes que são abertos ao público externo: Forneria di Como, especializado em massas, Frontera Sur, especializado em cortes de carne, e Spazio Due, cozinha contemporânea. Experimentamos o Forneria di Como e realmente foi uma refeição saborosa!

Depois de almoçar, hora de conhecer a cidade!

Esqueça o estresse do trânsito!
O trânsito na cidade é super organizado. Tem duas avenidas principais: Av. Borges de Medeiros e Av. das Hortênsias. Os principais pontos da cidade ou ficam nessas avenidas ou em ruas que desembocam nelas. Depois de algumas horas na cidade, você já está orientado.

Não tem semáforos e nem guardas coordenando o trânsito. Os cruzamentos têm rotatórias e o trânsito simplesmente flui. A regra aqui é: o pedestre pisou na faixa de segurança, o carro para. Mesmo.

A cidade estava movimentada, principalmente os parques, mas se não fosse pelas poucas crianças fantasiadas que vimos passeando, nem lembraríamos que era Carnaval.

Conhecendo Gramado

Pórtico da Cidade

Localizado na entrada da cidade, no acesso de Nova Petrópolis, o pórtico de Gramado é um cartão postal da cidade.



Aldeia do Papai Noel
Rua Bela Vista, 353 - Centro

É o parque temático do Papai Noel, que fica dentro do Parque Knorr. A concepção é bem interessante, pena que no todo o parque está com aspecto de mal conservado. As crianças curtem mesmo assim.

Logo na entrada, você encontra Papai Noel, aguardando para a foto com as crianças. Para o nosso azar, Papai Noel estava dormindo na cadeira, às 15h, e apesar da algazarra que nossos filhos estavam fazendo, não despertou de imediato. Eles notaram e virou a piada do passeio. Detalhe: eles ainda acreditam em Papai Noel, mas dizem que alguns são apenas personagens. Esse foi um deles, claro! 

Dentro do parque, tem um cenário de "fábrica de chocolate". Não é grande coisa, mas dá acesso a um mirante que vale visitar. De lá você tem uma vista linda do Vale dos Quilombos.


Na área verde, tem a árvore dos desejos, onde as pessoas prendem plaquinhas de madeira com seus pedidos. É bem bonitinha. No gramado, tem cabritos e cachorros que as crianças podem acariciar. O ponto alto foi a visita à casa de Papai Noel, que é bem decorada e fica no centro do parque. No caminho, tem também renas de verdade, nos cercados.


No verso do mapa, que você recebe na entrada, tem instruções para que você encontre três ajudantes do Papai Noel e peça para ele carimbar o circuito. Os três ajudantes estarão nos sites principais do parque (Casa do Papai Noel, Fábrica de Chocolate e Alojamento dos Ursos), o que faz com que você visite o parque todo. Com os três carimbos, na saída, você leva um certificado de que esteve na Aldeia do Papai Noel.

O parque em si é muito bonito e as crianças podem correr e ter contato com a natureza, mas pelo encontro com Papai Noel, prefiro a Casa do Papai Noel em Penedo - RJ (veja o post aqui). 

Igreja de São Pedro

Linda, esculpida em pedra basáltica, a igreja fica no centro de Gramado, na Av. Borges de Medeiros. Você vai passar por ela diversas vezes, tem que dar uma paradinha.
No pátio da igreja, tem estátuas de todos os discípulos de Jesus.



Palácio dos Festivais
Seguindo à esquerda, você se depara com o cinema onde acontece a exibição dos principais filmes do famoso Festival de Cinema de Gramado, um local onde todos param para registrar. Fora do festival, funciona como um cinema com programação normal. Atenção à calçada, a nossa "Calçada da Fama", com as estrelas de diversos atores e atrizes reconhecidos nesse importante festival de cinema.


Rua Coberta
Em frente ao Palácio dos Festivais, fica a rua coberta, uma travessa que interliga a Av. Borges de Medeiros com a Rua Garibaldi. Nela você encontra opções de gastronomia e lojas. Tem que dar uma passadinha por lá, nem que seja para um café ou chocolate quente!


Hollywood Dream Cars
Avenida das Hortênsias, 4151

Imagina encontrar carros clássicos, lindos como se fossem zero km! É o que você vai encontrar na Hollywood Dream Cars, onde, como o próprio nome diz, você revive o glamour de Hollywood, admirando carros e motos das décadas de 50 e 60. O mais legal é que as músicas de Elvis envolvem o ambiente e há vídeos e posteres do astro espalhados pela exposição. Quem é fã, como eu, delira!


Super Carros
Avenida das Hortênsias, 4635

Depois de ver carros antigos, tem que ver também os mais modernos, na exposição Super Carros, onde você ainda pode realizar seu sonho de dirigir uma super máquina daquelas: Ferrari F360 F1, Camaro SS, Dodge, Lamborghini, Porsche, dentre outras.

No andar de cima, tem simuladores e uma pista de corrida que os adultos disputam juntinho com as crianças a vez de jogar. Além disso, tem miniaturas dos carros e artigos de vestiário da Ferrari e grandes marcas. O lugar faz a diversão da ala masculina, mas as mulheres também curtem.


Dreamland Museu de Cera
Avenida das Hortênsias, 5507

Museu de cera com vários cenários e mais de 50 personalidades / personagens representadas. Logo na entrada, o Homem de Ferro te recepciona. Lá dentro, você se depara com Michael Jackson, Elvis Presley, Marilyn Monroe, John Travolta, Robbin Williams interpretando Peter Pan e Popeye, os personagens Shrek, Bob Esponja, Harry Potter,  Homem Aranha, diversos presidentes americanos, inclusive Obama, e outros.





Cá pra nós, algumas esculturas são bem esquisitas, não retratam bem o original, mas outras são cópias fiéis. Passa longe do "Madame Tussauds", mas vale a pena conferir para tirar sua própria conclusão.

Harley Motor Show
Avenida das Hortênsias, 5507

Fica embaixo do Dreamland Museu de Cera. Espaço temático para os apaixonados pelas motos Harley Davidson onde você encontra mais de 20 motos de diversos modelos totalmente restauradas, parecem novas. 

O ambiente é um bar temático, inspirado em motocicletas, que além de bebidas para os adultos, serve pipocas e refris para as crianças. Você pode posar nos cenários e tirar fotos super legais como se estivesse viajando numa Harley.


Dica: Tem um passaporte que por R$ 80,00 você visita as quatro atrações: Dreamland Museu de Cera, Harley Motor Show, Hollywood Dream Cars e Super Carros. Você compra na bilheteria de qualquer das atrações.

Mini-Mundo
Rua Horácio Cardoso, 291, Planalto - Gramado


Como o nome diz, é um mundo em miniatura, onde você encontra réplicas de construções em escala única de 1:24, ao ar livre em um jardim super bem cuidado. Você encontra de tudo: embarcações, ferrovias com trens circulando, aeroporto, castelos, etc. Tudo sonorizado, parece mesmo que você está vendo uma cidade de pequeninos.




Além disso, o parque tem uma casinha de bonecas, um play para as crianças menores, os personagens, os ursinhos Gui e Ana, a bruxinha Ju e o Limpador de Chaminés, um café super bonitinho, uma fonte dos desejos... Até o meu filho se animou a jogar uma moedinha na fonte!

Além de ser uma obra de arte a céu aberto, é um lugar muito fofo! Vale a pena levar as crianças.



Rótula das Bandeiras
Praça Leopoldo Rosenfeldt, Avenida das Hortênsias

Essa praça é uma homenagem aos estados brasileiros, representados por suas bandeiras. Em frente à praça se encontra um monumento do “Kikito”, o troféu que é entregue no Festival de Cinema de Gramado, outro cartão postal da cidade. O kikito representa o “Deus do Bom Humor”, por isso é uma figura simpática e sorridente. Não pode faltar uma foto ao lado dele!



Lago Negro
Rua A. J. Renner - Planalto

O Lago Negro recebeu esse nome porque suas árvores são originárias da Floresta Negra da Alemanha. É um lago de cor verde escura, cheio de pedalinhos e patos de verdade, cercado de um bosque com lindas árvores e flores. 


Você pode fazer caminhadas pelas trilhas que contornam o lago, passear de bicicleta ou simplesmente apreciar a paisagem, sentada na grama. Tem restaurantes e lanchonetes no entorno, além de barraquinhas de artesanato e souvenires.

Alemanha Encantada
Rua Bruno Ernersto Riegel, 713

Esse restaurante temático fica em frente ao Lago Negro. A cozinha é tipicamente alemã, com variedades de petiscos. Nele você experimenta iguarias como mix de salsichas, feitas por um "Mestre Salsicheiro" que veio especialmente da Alemanha. Além, é claro, de variedade de cervejas!

A música ambiente é alemã, mas bem contemporânea. Tem um palco cenário com os personagens do conto "Músicos de Bremen". Eu não conhecia a estória, mas meus filhos, sim (aprenderam na escola), e me contaram.

O ambiente foi inspirado nos contos dos irmãos Grimm. Tem uma Torre da Princesa, inspirada no conto da Rapunzel, onde você pode subir por um elevador panorâmico e apreciar a bela vista do Lago Negro, além de encontrar uma boneca da personagem em tamanho natural. Ingresso para subir a torre: R$ 10,00 por adulto e R$ 5,00 por criança.



Você pode tirar foto nos diferentes cenários do parque-restaurante. Tem um cenário que é uma bolha que simula a neve com papéis voando e outro com espuma. Custa R$ 5,00 cada foto.


Detalhes: http://www.alemanhaencantada.com.br/

No próximo post, vou contar um pouquinho do que fizemos em Canela! Clique aqui.

Gramado e Canela te remetem a que ? Frio, lareira, passeios românticos, tour gastronômico regado a queijos, vinhos e fondue, certo ? Sim, ...