Problemas



"Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo." (João 16:33)
Com esse versículo da Bíblia, eu abro essa postagem para falar sobre "Problemas". Que os problemas existem, é fato. A Palavra nos diz que "no mundo tereis aflições". Ter problemas não é privilégio de ninguém. Todos os têm, em maior ou menor grau. E também não nos cabe julgar quem tem o problema maior, afinal, só sabe a dor do calo quem está com o sapato apertado. Então não adianta entrar numa competição inglória de quem tem o maior problema do mundo e ficar se vitimizando. Não é o tamanho do problema que diferencia as pessoas, e sim a forma como lidamos com eles.

Há diferentes tipos de problemas. A começar pelos que existem mesmo e os que você pensa que existem. Quantas pessoas perdem noites de sono se preocupando com problemas imaginários ! Uma situação não esclarecida, que você começa a conjecturar, a tirar conclusões precipitadas e cria um "monstro". Com base nisso, suas reações às pessoas supostamente envolvidas também mudam e a "bola de neve" só aumenta. Dependendo do tempo que você leva nessa "construção dos fatos", bancando o "Sherlock Holmes", em vez de provocar uma boa conversa, você terá perdido momentos irrecuperáveis se angustiando e sofrendo por um problema imaginário. Então, o primeiro passo é se certificar se o problema realmente existe. O diálogo é sempre a melhor saída.

Muitas vezes os problemas são derivados de insegurança, medos, arrependimentos, culpas. Em essência, esses problemas não existem, mas ficam atormentando, tiram a sua paz. Ficar alimentando esses "problemas" pode afetar o seu comportamento e a sua capacidade de ser feliz. O diálogo nesses casos pode ser com aquele ombro amigo ou mesmo com um bom terapeuta.

Dentre os problemas que existem, há aqueles que você pode resolver e os que não. Os que você não pode resolver, por definição, não devem ocupar a sua cabeça. Gastar energia neles é perda de carga desnecessária. Se você não pode resolver, só lhe cabe se adaptar à conclusão que o caso terá. Aprender a viver com a nova situação. 

Então, tirando os problemas que não existem e os que você não pode resolver, ficam os problemas que você precisa tratar. Agora, entra em ação a sua capacidade de lidar com os problemas.

Há pessoas que se antecipam ao problema, mas não com solução, só com preocupação. Preocupar-se sem agir não contribui em nada com o caso e ainda compromete a sua vida. Você fica travado, cabeça cheia, desmotivado, não tem disposição para nada, porque você está preocupado. A sua vida fica impactada por conta disso. Assim como as das pessoas ao seu redor, que convivem com esse seu estado de espírito depressivo e mal humorado. Portanto, não se preocupe simplesmente por se preocupar. Preocupe-se analisando o problema e enxergando as possíveis alternativas para chegar à solução. Pare de sentir pena de si mesmo e parta para a ação. O que você pode fazer pelo problema ? Investir na sua capacitação ? Melhorar a sua forma de se relacionar ? Procurar uma nova atividade ? Um novo desafio ? A preocupação só é positiva se encarada como uma preparação para a ação.

A forma como você encara o problema é determinante para a sua solução. Se você encara já se sentindo derrotado, entregando os pontos, certamente não terá a energia necessária para reverter a situação. Confiança acima de tudo! Confiança no seu potencial, na sua capacidade de realizar, de superar. Não dá para ficar com medo do problema, como se ele fosse uma "bomba-relógio" que pode explodir a qualquer momento e você não é capaz de desarmar. Tem que enfrentar.

Voltando ao versículo, isso também é dito no trecho "mas tende bom ânimo, eu venci o mundo". Ânimo significa disposição de espírito, coragem, desejo. Ter bom ânimo, portanto, quer dizer ter disposição e coragem para enfrentar as aflições. Os problemas. Não é para simplesmente esperar cair do céu. É para colocar em prática a confiança em Deus e em si mesmo, construindo a solução para os problemas que você pode resolver. 

Quando uma pessoa pára para pensar no problema como ele realmente é, encarando-o de frente para buscar soluções concretas, está dando o primeiro passo para vencê-lo.
Kinha
Kinha

A bagagem de uma mulher, esposa, mãe, executiva e viajante, com um pouco de tudo e muito de nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esse espaço é seu... Deixe seu comentário e vamos conversar!