Disney Skyliner: o mais novo transporte interno da Disney


Você já deve saber que o Walt Disney World oferece diversos sistemas de transporte interno para integrar os parques, hotéis do complexo e a área de entretenimento Disney Springs: monorails (trens suspensos), ferryboats (barcos) e linhas de ônibus. O mais novo meio é o Disney Skyliner, um sistema de teleférico, inaugurado em setembro de 2019.


Nós viajamos para a Disney em janeiro, antes da pandemia, e tivemos a oportunidade de conhecer esse sistema e transitar pelo complexo pelos ares!


O Disney Skyliner conecta os parques Hollywood Studios e EPCOT aos hotéis Disney's Art of Animation Resort, Disney's Pop Century Resort, Disney's Caribbean Beach Resort e Disney's Riviera Resort. Veja o mapa do circuito abaixo:


Uma mesma linha é compartilhada entre os hotéis Disney's Art of Animation e Disney's Pop Century, que ficam lado a lado, separados por um lago. 


O ponto de embarque do Skyliner é justamente na ponte que interliga os dois hotéis. Como nós estávamos no Pop Century, a vista do outro lado era do Art of Animation.


A fila era bem reduzida na estação do hotel


A linha que sai do Pop Century/Art of Animation leva até o Disney's Caribbean Beach Resort, onde fica um hub de conexão do Skyliner, de onde partem as linhas para os parques: uma que leva ao Hollywood Studios e outra que leva ao EPCOT. É obrigatório desembarcar nesta estação para escolher a linha em que você irá seguir.


A linha que segue para o Hollywood Studios vai diretamente para o parque. Já a linha que segue para o EPCOT tem ainda um ponto de parada no hotel Disney's Riveira, que serve para embarque e desembarque dos hóspedes do hotel. Quem não for desembarcar, continua seguindo até o EPCOT.


Um alerta: o ponto de desembarque no EPCOT não fica na entrada principal do parque, no Future World, perto da famosa esfera, e sim na entrada que fica na área World Showcase, onde ficam os países, numa entrada entre a França e o Reino Unido. Não faz diferença para quem vai visitar o parque, apenas você entra pela parte em que, em geral, circula no final, inclusive porque as atrações da área do World Showcase tradicionalmente abrem um pouco mais tarde que a da Future World, por volta das 11h. 

Por outro lado, esta entrada está a poucos passos do Disney's Boardwalk, uma área aconchegante e comercial, à beira do lago, onde a gente pode aproveitar e relaxar. Já falei dela aqui no blog neste post aqui


Tempo de Trajeto


O trajeto do Disney's Caribbean Beach ao EPCOT leva 11 minutos e do Riviera ao EPCOT, 6 minutos.


Já do Disney's Caribbean ao Hollywood Studios, o trajeto leva 5 minutos.


Do Pop Century e do Art of Animation ao Disney's Caribbean, onde fica o hub para escolher a linha para o EPCOT ou o Hollywood Studios, leva 4 minutos.


Não há dúvida que o teleférico torna muito mais rápida a chegada ao parque. Nós estávamos no Pop Century, em 20 minutos estávamos dentro do EPCOT. Se tivéssemos ido de carro, teríamos que dirigir quase 10 km, estacionar, pegar o trenzinho do estacionamento até o Disney's Transportation & Tickey Center, e ali pegar o monorail para chegar até a entrada do parque. Se fosse no ônibus da Disney, do hotel ao parque leva cerca de 30 minutos. 




O teleférico é uma forma rápida e eficiente de se chegar ao parque. É mais que um meio de transporte, é um passeio. O visual lá de cima é super bacana!





E pra completar tudo isso: é de graça e não precisa ser hóspede do hotel para usar o sistema!


E aí, já usou o teleférico da Disney ? O que achou ?

Eu tô doida para dar mais uma voltinha! 😉

Bj bj! 

Você já deve saber que o Walt Disney World oferece diversos sistemas de transporte interno para integrar os parques, hotéis do complexo e a ...

Star Wars - Rise of the Resistence: como ingressar na fila virtual ?


Já contei em outro post sobre a Star Wars: Galaxy's Edge, a nova área temática da Disney, inspirada na saga Star Wars, que fica no parque Hollywood Studios.

A mais recente atração desta land (como são chamadas as áreas temáticas) é a Star Wars: Rise ofe the Resistence, que ainda trouxe uma novidade: a fila vitual, um sistema diferente do Fast Pass. A fila virtual, também chamada de "Boarding Pass", permite que você reserve sua posição na fila e aproveite outras atrações enquanto espera o seu momento de ingresso na atração. 

Neste post, vou explicar como fazer para ingressar na fila virtual e algumas dicas para sua você garantir seu lugar.

Antes da sua ida

A primeira coisa a fazer é ter o aplicativo My Disney Experience instalado (o que acredito que você já tenha, já que é uma ferramenta necessária para gerenciar suas reservas de parques, Fast passes e refeições, entre outras funcionalidades). Além disso, você precisa ter uma ingresso válido vinculado ao My Disney Experience e com reserva para o Disney's Hollywood Studios.

Se você estiver em grupo, é importante que todos os ingressos do grupo estejam vinculados na sua conta no My Disney Experience, para que você possa reservar para todo o grupo, de uma única vez, como acontece na reserva de Fast Pass. (Tem um post aqui que explica como reservar Fast Pass).

Deixe as notificações do aplicativo ativadas. Assim você irá receber notificações sobre a fila virtual e da sua chamada para embarque.

 
Como ingressar na fila virtual

Para entrar, você precisa se conectar à sua conta no My Disney Experience no horário de distribuição da fila e selecionar na tela inicial "Star Wars: Rise of Resistence - Request Access with Virtual Queue".


Você pode ingressar na fila virtual a partir das 7h da manhã, mesmo que ainda não esteja no parque, desde que esteja com ingresso e reserva pelo Disney Park Pass para o Hollywood Studios para o dia. Já não existe mais aquela condição de só poder ingressar na fila virtual se estiver no parque. 🚩Você deve ter ouvido que precisa chegar de madrugada para conseguir ingressar na fila. Não precisa mais. (Cheguei no parque às 5h30 da manhã da última vez para conseguir vaga na fila virtual, no sistema anterior, que precisava estar no parque para validar 😕). 


A quantidade de reservas é limitada. Se não tiver mais disponibilidade, você verá esta mensagem no aplicativo.

Se não conseguiu a reserva no horário das 7h, pode tentar de novo às 14h, quando acontece uma nova abertura de fila virtual. Para esta segunda oportunidade, é preciso estar no parque. 


Chamada para embarque

Depois de ingressar na fila, você poderá monitorar a evolução do Boarding Status pelo aplicativo. Ali estará indicado o seu grupo, os participantes para os quais você reservou e a barra do andamento da fila (em verde).


          


Quando a barra se completar, você receberá uma notificação pelo aplicativo.

Você verá a mensagem de que está na hora de embarcar no aplicativo e que deve se dirigir à entrada da atração. Você terá uma hora para ingressar na atração. Na entrada, bastará apresentar seu ingresso ou sua Magic Band na entrada da atração.

Cada Visitante só pode entrar na fila virtual uma vez por dia. Assim, por mais que você queira repetir (e eu acredito que irá querer!), vai ter que deixar para a próxima! Então aproveite na sua vez!😄


Importante:

A fila virtual não garante que você participará da atração. A evolução da fila depende do funcionamento da atração e eventuais atrasos e interrupções podem impactar esse planejamento.

A Disney se reserva o direito de fazer alterações nos horários de ingressar na fila virtual e nesta sistemática.


E aí ? Gostou da fila virtual ? Se já usou, o que achou?

Até o próximo post!

Bj bj!

Já contei em outro post sobre a Star Wars: Galaxy's Edge, a nova área temática da Disney, inspirada na saga Star Wars, que fica no parqu...